Duelo Musical #1: Hits house Que REALMENTE vale a pena ouvir (ou qual solista coreana conseguiu aproveitar o melhor da modinha house que assola o mundo musical atual??)

E ai, galerinha?! Depois do review do álbum da Pabllo, vamos para o outro lado do mundo para começar uma nova série de posts no blog: os duelos™ musicais!!! É simples: todo ano, sempre tem músicas que é impossível não acabar comparando e ver qual é a melhor (seja por fandoms de divas rivais ou porque as músicas são bem parecidas), então, toda semana, um novo post de comparações (tanto do oriente quanto do ocidente) estará entre nós, com duas músicas se enfrentando no melhor estilo Yu-Gi-Oh por cinco quesitos diferentes!!!

Infelizmente, a febre house não é apenas americana. Já nos primórdios de 2015 o cenário do k-pop via o começo desse estilo entrar no mainstream, mas, obviamente, ninguém esperava que ia chegar em um ponto onde TODO MUNDO PARECE LANÇAR A MESMA BOSTA REQUENTADA… Enfim, nesse mar de lançamentos homogêneos demais pro meu gosto, duas cantoras (Sunmi, ex-Wonder Girls, e Chung Ha, ex-I.O.I.), deram um jeito de tornar o lançamento interessante mesmo assim! Quem diria hein?

Sem título

Chung Ha vem com um house alegre pro verão com Why Don’t You Know e Sunmi já tem uma pegada mais sóbria com Gashina.

QUESITO 1: INSTRUMENTAL

As duas faixas são de certa forma bem parecidas porque, né? são tropical house… Mas, diferente de Why Don’t You Know, que segua a fórmula a risca, Gashina tem uns beatdrops diferentões que deixa a faixa um pouco menos “tropical” do que se esperava do gênero… Em tempos em que tudo soa igual, isso é um tremendo de um avanço!

Ponto pra Sunmi (só com isso mesmo de comentários porque não tem muito mais o que falar @.@’)…

QUESITO 2: VOCAIS

Confesso que não conhecia muito da Chung Ha antes desse debut solo. Eu até ouvi as músicas do I.O.I, mas eram onze meninas… Como diferenciar sem ter visto o reality show?? @_@’ Apesar de não ser muito o alcance vocal dela, os gritinhos no refrão ficaram bem on point (e pra mim é justamente isso que deixou a faixa muito mais viciante).

Já com Sunmi tem uma relação bem mais antiga, depois do incrível debut solo dela em 2014, já deu pra conhecer um pouco o estilo suspirado sexy (bem na vibe da GaIn por exemplo) que combinava com a voz dela. Gashina aposta em uma técnica diferente, o que é válido, mas não deixa a voz da própria voz da Sunmi dar sinais de vida… Tanto que parece que metade da música é mais falada do que cantada em si o.0

Ou seja, vitória pros gritinhos quase desafinados de Chung Ha!!

QUESITO 3: CLIPE

Se nos vocais não tem nada que se impressione muito, no clipe… MEU DEUS! Não sou muito de gostar de clipes onde aparentemente só aparece a cantora fazendo uns pacinhos (são poucas que tem carão pra conseguir fazer isso que um jeito que não fique entediante), mas Sunmi conseguiu roubar completamente a cena aqui. Cada cômodo, cada expressão, cada movimento esquisito da parte dela, tudo serviu para mostrar que Sunmi, além de ser linda, tem muita personalidade pra esbanjar e não precisa de ninguém pra segurar suas performances.

Já da pra se imaginar tentando fazer isso e falhando miseravelmente…

Apesar de ser bem mais nova na indústria (não podemos nos esquecer que estamos comparando uma veterana com uma estrante), Chung Ha veio com um clipe com a mesma ideia de Sunmi: ela sozinha divando e umas cenas com as dançarinas fazendo a coreografia… Ela não tem o mesmo super apelo de Sunmi, mas também consegue provar que consegue sim se manter sozinha sem problemas. Assim como na melodia, os passos são mais safe que os movimentos esquisitos de Sunmi, mas ainda tá piranhando bonito. HyunA, GaIn, Lee Hyori e outras Sexy Queens estabelecidas ficariam orgulhosas.

Apesar dos golfinhos de CG e o conceito natureba de Chung Ha tenham ganhado meu coração, as caras e bocas de Sunmi tiveram muito mais apelo comigo (tanto que me fizeram ver o clipe mais vezes @.@’). Ponto pra Sunmi!!

QUESITO 4: LETRA

Pesquisar letras no k-pop é sempre uma caixinha de surpresas… O número de letras genéricas que se tem por aí é tão alto que as vezes é melhor ignorar mesmo, mas aí as cantoras resolvem ser críticas e fazem uma super mega letra, então tudo pode aparecer.

Do lado de Why Don’t Know, a letra é super mega safe mesmo (falando coisas como “bem, como você não sabe que é amor?”), o que é o ideal pra um debut solo que poderia muito bem ter dado super errado. Assim, comparando com Gashina, o lado de Chung Ha perde feio, perde rude…

A música de Sunmi já começa com “seus olhos frios, eles me matam”… Tipo, manooo. A ideia por trás de Gashina é que “querido, você me deixou, mas eu sou uma flor e todos querem meu perfume”. É sempre bom ver uma música emponderadora no k-pop não dando toda atenção pro macho, ainda mais criativa que nem a comparar-se a uma flor (não só no sentido de beleza mas também de espinhos, torcer o caule e tudo mais o.o’).

Ponto pra Sunmi!!!

QUESITO 5: IMPACTO

A estreia de Chung Ha e a volta de Sunmi estavam ambas com muito hype em cima… Seja porque Chung Ha era considerada a mais talentosa de todos as I.O.I e o debut solo de Sunmi tinha levado ela para as alturas nos charts e consagrado como mais uma Sexy Queen no k-pop.

No meu caso, o hype só ficou pra Sunmi mesmo porque a Chung Ha nem tinha ouvido falar o.o’ E, infelizmente, apesar do clipe ser muito legal e a música ser agradável, não chega aos pés dos singles de 2014, que tinham conseguiram um equilíbrio entre conceito x clipe x música de um jeito que nenhuma estreante vinda de girlgroup estava conseguindo desde HyunA.

Nesse ponto, Chung Ha superou minhas expectativas. O clipe foi agradável e a dança deu vontade de descer até o chão também imitar, algo que não me animava em nenhuma nova solista desde… bem… Sunmi o.0′.

Ponto pra Chung Ha!!!

 

CONCLUSÃO: Quem então conseguiu fazer melhor uso do super saturado tropical house??

SUNMI!!!!

Por três a dois, Sunmi mostrou que, apesar de não ter cumprido as expectativas, mesmo apostando no som da modinha, consegue se manter relevante o suficiente para ter uma carreira solo que valha a pena. Apesar de ainda não ter uma discografia grande o suficiente quanto as outras solistas que vieram de grupos, o bom desempenho de Gashina nos charts coreanos mostra que logo logo teremos muito mais Sunmi pra gente ouvir xD (quem sabe até um EP no próximo comeback??)

 

Um comentário em “Duelo Musical #1: Hits house Que REALMENTE vale a pena ouvir (ou qual solista coreana conseguiu aproveitar o melhor da modinha house que assola o mundo musical atual??)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s