[Review/Fanfic] LOONA/Chuu – Heart Attack (ou dando uma pausa no Best Zodiacal, voltemos à luta de Yves para a impedir a salvação do loonaverso… Será que ela conseguirá ajuda??)

Digital/Chuu

ANTERIORMENTE EM LOONA… Descobrimos que a pessoa por detrás da prisão temporal de Yeojin e do Odd Eye Circle fora Yves, a anja, que não mediu esforços para impedir o retorno do loonaverso por conta das catastofres que aconteceram no passado e afetaram ela e sua amante, Vivi, a robô do LOONA 1/3. Com a fuga do Odd Eye Circle de sua prisão, Yves não teve outra escolha a não ser pedir ajuda para outra antiga integrante do loonaverso para impedir, de uma vez por todas, o retorno do mesmo!

Yves and Chuu

Tracklist:

  1. Heart Attack
  2. Girl’s Talk

O capítulo de Chuu segue a mesma linha da lua invertida de Yves, criando a consistência de que todas as garotas dessa nova unit serão assim. Mas, a grande revelação é que o animal símbolo da Chuu é um pinguim! Ou seja, o pinguim de pelúcia que apareceu em new não se tratava de Haseul, como vi em muitos lugares, e sim de Chuu!

Senta que lá vem a estória…

Parte 1 – Heart Attack

Chuu era uma menina bem ordinária, talvez você nem a notasse se a visse na rua de tão simples que aparentava. Sabe aquelas pessoas que estão no fundo dos filmes só para dar volume a uma cena? Então, Chuu era uma dessas pessoas. E, para ela, não tinha qualquer problema.

Bem, pelo menos era isto que dizia a si mesma. Sabia que tinha algo destinado a ela, sabia que tinha alguma coisa faltando. Tinha certeza! Ao menor sinal do inesperado, ela investia todas as suas forças pesquisando e cavucando o máximo possível. Mesmo que nunca desse em nada – e, com isso, quero dizer nadica de nada MESMO –, ela não desistia. Tinha certeza que uma vida extraordinária estava batendo a sua porta, com muitas explicações para justificar seu atraso.

Até que, bem… Não pode se dizer que alguma coisa DE FATO aconteceu, mas algo captou a atenção de Chuu. Estava perto da época do natal e a neve caia em flocos conforme pessoas passavam e comentavam sobre a ansiedade pelo feriado, pelas festas e pelos presentes. Então, dentro de uma loja, a ordinária Chuu viu uma mulher.

Ela não sabia o porquê, mas o sorriso daquela mulher havia trazido sensações esquisitas em seu corpo. Um calafrio correu pela sua espinha e Chuu sentiu que finalmente estava acontecendo aquilo que ela tanto esperava. Obviamente, ela não tinha a menor noção do que era, mas, com toda a certeza, tinha haver com aquela mulher.

Chuu respirou fundo. Dessa vez, ela estava exagerando. Que isso! Não se vê mulheres pela janela e uma jornada mágica acontece… Isso é coisa de livros. É que nem daquela vez que tinha visto um monte de bichinhos de pelúcia e viajou até a fábrica só pra descobrir absolutamente nada de incomum… Fica calma, fica calma… Isso não é nada demais. Amanhã vai ser um novo dia e nada de novo vai acontecer…

Resultado de imagem para loona animals

Só que o amanhã chegou e, novamente, Chuu avistou a Mulher. Era um sinal, só podi– Calma, Chuu! Isto não significa nada… Ela toma café no mesmo lugar duas vezes, e daí?! Não se afoba, não se afoba…

Quando Chuu avistou a Mulher pelo terceiro dia seguido, não conseguiu mais se conter. Só podia ser um sinal! E, mesmo se não desse em nada de novo, pelo menos tentou não dar uma de louca logo de primeira…

Tinha chegado a hora de descobrir quem aquela mulher era!

Se tem uma coisa que todas as tentativas fracassadas de encontrar o extraordinário trouxeram a Chuu foi a experiência em descobrir pistas. Depois de alguns dias seguindo, Chuu concluiu que aquela mulher era, de fato, muito esquisita. Não apenas por comer muitas maçãs, mas era esquisito. Um esquisito bom. Algo no sorriso dela e no jeito que se portava deixava na cara que ela não era alguém comum. Como seria ser assim, inusual e incomum até na aparência? Chuu só conseguia sonhar com alg– Droga! Ela tinha visto Chuu!

O que fazer? O que fazer? Ela tinha notado! Era a primeira vez que alguém notava Chuu por qualquer coisa que fazia! Será que aquilo era um sinal? Será que tinha de conversar com a Mulher? Concentre-se Chuu! Concentre-se! Não pode perder ela de vi– É, tinha perdido ela de vista…

A única coisa que tinha sobrado da Mulher era uma maçã verde, deixada a esmo, em cima da mesa.

Chuu não pensou duas vezes! Com certeza aquela maçã deveria pertencer aquela mulher! Correu até o restaurante e deu um número incontável de desculpas esfarrapadas para sair de lá com a maçã na mão. Talvez, se devolvesse pra Mulher, as duas poderiam começar a conversar.

Na teoria é fácil, mas na prática… Com que coragem Chuu chegaria na Mulher e devolveria a maçã? “Oi, meu nome é Chuu e notei que você perdeu uma maçã…” – é… patético. Por que alguém tão incomum como aquela mulher falaria com a ordinária Chuu? Não, não. Teria que parecer mais descolada que nem a Mulher…

De novo, teoria fácil, prática difícil… Ô droga! Já estava com aquela maçã havia tempos: mil e uma tentativas e nenhum avanço… A vontade que tinha era tacar logo aquela fruta na cara da Mulher pra ela notar logo que estava sendo seguida! O que aquele sorrisinho significava, então?

Foi aí que teve uma ideia! Não era a melhor das ideias, mas também não custava tentar naquela altura do campeonato. Daqui a pouco a maçã estaria podre e nem daria mais pra pensar em devolver aquele troço!

O plano era: ia morder a maçã. Ia se aproximar discretamente da Mulher e morder a maçã do mesmo jeito que ela! Duvidava que a Mulher não puxaria assunto… Ela comia um monte de maçãs todos os dias! Com certeza, uma entusiasta de maçãs como a Mulher não iria perder a oportunidade de comentar seu amor pela fruta com outra pessoa!

Era o ultimato. Se aquilo não desse certo, dificilmente daria de outra forma senão falar diretamente com a Mulher. E Chuu tinha vergonha demais para fazer isso…

No dia seguinte, quando mordeu a maçã, uma sensação esquisita tomou conta de seu corpo. Desta vez, não tinha como negar. Suas mãos tremiam e sua cabeça começou a doer. A própria maçã tinha mudado de cor para vermelha! Certeza que, quando o choque da situação passasse, estaria toda animada para o que aquilo significava.

“Ah, finalmente!”, disse a Mulher, vendo toda a situação, “Achei que você nunca fosse morder!”

Parte 2 – Girl’s Talk

Não demorou muito para a dor de cabeça passar e as mãos de Chuu pararem de tremer. Memórias estranhas e inicialmente desconhecidas preenchiam sua cabeça. Quando foi perceber, a maçã que segurava tinha virado um morango!

Chuu 2

Claro! Agora tudo fazia sentido! O loonaverso! Ele tinha sido desmantelado! As meninas! Meus deus! Como pode se esquecer?! Quer dizer, o plano era todas se esquecerem mesmo, mas, céus! Quem diria que a magia de Yves era tão poderosa?!

Nossa senhora! Demorou pouco mais de dez segundos para Chuu virar o rosto e perceber que Yves era a Mulher que esteve perseguindo. Várias memórias distintas de tempos mais tranquilos preencheram sua cabeça… É… Sua forma esquecida tinha acertado muito em perseguir a Yves…

Chuu não pode se conter e abraçou a anja com todas as forças. “Oh, Yves!”, ela dizia, enquanto apertava ainda mais o abraço. “Como você está? E Vivi? E–”

“Eu estou muito feliz em te rever, querida”, Yves respondeu, “mas estamos com um problema… Por isto tive que usar o truque da maçã”.

Chuu assentiu. Claro. Não tinha porque Yves refazer contato a não ser que guardasse relação com o loonaverso. Quer dizer, se ela tivesse aparecido casualmente sem despertar suas memórias e seus poderes, tudo bem, mas recriando a forma como se conheceram – sim, tinha sido stalker admiradora de Yves quando se viram pela primeira vez – e destruindo o selo do morango dando uma das maçãs do Jardin do Éden ?! Algo devia estar muito ruim. Muito mesmo.

“As inconvenientes do Círculo Bizarro do Olho querem restaurar o loonaverso!”, Yves continuou. Chuu – agora, lembrando-se de tudo – lembrava muito bem da confusão que Yves tivera com Kim Lip no findo loonaverso. As duas nunca mais se falaram direito desde então… Será que isto guardava relação com o que estavam acontecendo? “Chuu!”, Yves repetia, “está me ouvindo?”

Chuu

“Claro, claro…”, mentiu. Yves costumava dar longas explicações e Chuu sempre pegava só metade. Nunca tinha dado problema até então.

“Então, preciso da sua ajuda para impedir que as três encontrem Yeojin!”, Yves exclamava, “o loonaverso não pode voltar!”. Com isto, Chuu concordava. Foi muita tristeza, apesar de tudo. Nenhuma das integrantes do LOONA 1/3 e do Círculo Bizarro do Olho deviam se lembram. Só as que negaram as convenções do paraíso sabiam este segredo.

“Concordo!”, repetiu Chuu, agora em voz alta, “O que podemos fazer?”. Era Yves que sempre tinha os planos. Chuu era boa em refiná-los e deixá-los como lindos diamantes brilhosos – tá… Foi meio exagerado, mas–

“Eu tive uma ideia”, Yves respondeu, “mas vai ser arriscado…”

“E o que poderia ser mais arriscado do que fizemos até aqui?”

Na verdade, o que Yves iria sugerir era bem mais arriscado do que elas tinham feito até ali. Não pelo próprio ato em si, mas sim pelos fatos que nenhuma das duas tinha qualquer conhecido. Fatos que ocorreram enquanto Chuu ainda procurava meios de devolver a maçã para Yves.

Chuu estava sozinha na neve e, por algum motivo que só o destino sabe, havia escorregado no chão e batido a cabeça. A queda acabou lhe deixando inconsciente e, vendo a pobre menina caída no chão, Haseul, do LOONA 1/3, pouco antes de encontrar Heejin e Hyunjin em The Carol, reconheceu na hora de quem se tratava. Não sabia como despertar as memórias perdidas de Chuu, mas achou melhor se prevenir.

Camuflando-se para não ser percebida, uma pequena surpresa mágica havia sido deixada em Chuu, para o momento em que ela fosse despertada. Surpresa esta que nem Yves nem Chuu conseguiriam perceber, por mais que tentassem.

Conclusões LOONA-ChuuHeart Attack pega influências do doo-wop e da uma modernizada nelas, assim como o single da Yeojin, mas, diferente da menina dos sapos, os vocais mais maduros de Chuu tirar um pouco a música do aegyo. Eu já sou um entusiasta do doo-wop, então já me conquistou na primeira ouvida. O clipe com o carisma cômico de Chuu só melhorou tudo e elevou a qualidade do lançamento. A b-side, Girl’s Talk, é um número disco, que também amo, e estaria em casa junto de Look na tracklist do Perfect Velvet, sem contar que a letra falando sobre uma conversa secreta entre amigas ajudou muito a construção da fanfic (valeu BBC!). No geral, achei que o lançamento da Chuu até superou o do Yves em alguns pontos (principalmente em relação a b-side), e já fica a impressão que disco será um dos sons marcantes da nova unit (se também aparecer no single ou na b-side da próxima integrante aí é certeza). Agora é esperar se a garota do mês que vem vai estar relacionada com ou planos da Yves e da Chuu… Será??

6 comentários em “[Review/Fanfic] LOONA/Chuu – Heart Attack (ou dando uma pausa no Best Zodiacal, voltemos à luta de Yves para a impedir a salvação do loonaverso… Será que ela conseguirá ajuda??)

  1. Na verdade a Haseul aparece no MV já depois de The Carol, visto que quando ela esperava Heejin e Hyunjin ela não tinha aquelas sacolas, mas no final estava com elas. A teoria que eu mais acredito é que esta última unit é como um reflexo da primeira: Yves é o reflexo da Vivi, e isso se mostra pelos 2 singles serem datados, terem situações em comum (como elas patinando) e pela própria Vivi estar no M; Já a Chuu é o reflexo da Yeojin por ser uma coisa mais descontraída, sonoridades parecidas, elas correndo pra lá e pra cá.

    Nisso, as últimas 2 integrantes seriam os reflexos da Hyunjin e da Heejin, já que a Haseul em seu próprio MV matou o que seria seu reflexo (ela mesma usando a peruca loira), e o sorriso “malvado” dela para Chuu só reforça que ela provavelmente sabia de tudo o que estava acontecendo. Só espero que apesar de se representarem, o solo da próxima não seja tão chato quanto o da Hyunjin.

    Fiz textão, mas essa é a minha opinião, e a teoria que consegui montar em minha mente. kkk

    Curtido por 1 pessoa

    1. É uma ótima ideia!!! ^^ Eu tinha notado similaridades entre as integrantes dessa nova unit e as do LOONA 1/3, e, inclusive, acho que Hyunjin e Heejin darão as caras ainda e tudo ficará relacionado, fechando os conceitos das três units como um círculo, antes do grupo inteiro debutar. Neste contexto, aqui na fanfic, a surpresa mágica de Haseul trará ainda muitas confusões para Yves e Chuu em seu plano para impedir o Odd Eye Circle de trazer de volta o loonaverso xD

      Curtir

    1. Bem que eu queria saber kkk No clipe mostra ou admiração ou um amor não muito correspondido (porque Yves amaria Vivi), mas tenho fé que nos próximos lançamentos teremos mais certeza de como é essa situação xD

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s