Duelo Musical #7: RE-VAN-CHE!!!! (ou Chung Ha e Sunmi fizeram comeback na mesma semana, como não comparar as músicas delas de novo??)

Com o primeiro Duelo Musical do blog foi um embate com as batidas house de Sunmi e Chung Ha, imaginem a minha surpresa quando as duas resolveram lançar música nova uma seguida da outra?? Claro que eu tinha de honrar as origens daqui e colocar uma contra a outra, ainda mais considerando que ambos os comebacks foram memoráveis… Mas, e então, qual das duas teve o melhor??

Duelo 7

Ambas se livraram um pouco das garras do tropical house, com Chung Ha aumentando o tempo da melodia em Roller Coaster e Sunmi dramatizando o crescendo em Heroine.

QUESITO 1: INSTRUMENTAL

Tanto Chung Ha quanto Sunmi se tornaram sensações como solistas na Coreia com os comebacks passados, então já esperava um repeteco do tropical house de sempre, afinal, em time que está ganhando não se mexe. Imaginem minha surpresa ao ver que AS DUAS mudaram a fórmula e só mantiveram a base no house??

Chung Ha transformou o house em uma batida uptempo, dando um pré-refrão acústico no violão e um refrão em future bass. Na verdade, só deu pra saber que a base da melodia era house por causa dos primeiros quarenta segundos da música, antes dos novos elementos transformarem-na completamente.

Sunmi, por sua vez, manteve o refrão house mais sóbrio, mudando mais os versos com um acompanhamento de piano e dando mais impacto ao pré-refrão com trompetes.

Das duas, Chung Ha trouxe um instrumental com mais elementos distintivos e mais impactante do que Sunmi… Ponto pra ela!

QUESITO 2: VOCAIS

Se em Why Don’t You Know, o alcance vocal que a música pedia estava alto demais para Chung Ha, agora ela está completamente a vontade, encaixando-se perfeitamente na batida e gritando só no final do refrão.

Sunmi também está completamente confortável, mas, ao invés do que se espera, ela conseguiu manter seus versos suspirados e melancólicos e adicionou gritos infindáveis no pré-refrão, que engole praticamente toda a melodia.

Ou seja, se por um lado a melodia de Heroine foi simples mas deixou a voz de Sunmi brilhar, a de Roller Coster acabou ofuscando os vocais de Chung Ha #QuaseRimou… Ponto pra Sunmi!!!

QUESITO 3: CLIPE

Heroine foi vendido como uma espécie de prévia do momento que observamos em Gashina, onde o cara tinha acabado de terminar com ela e ela lidava com isso. E, como prometido, vários detalhes no clipe referenciam o lançamento anterior, como:

  • O fato de ela começar a música tomando um suquinho nos dois;

  • Lá temos um carro saindo e, aqui, temos um carro chegando (o mesmo carro por sinal);

  • Ela fazer o passinho da arminha de Gashina para o cartaz em Heroine;

  • E, no final, agora, ela estar indo em direção a nós, quando, antes, ela terminava indo na direção contrária.

De resto, temos mais caras e bocas carismáticas e passinhos memoráveis por parte de Sunmi, o que sempre é bom para estoques de gifs.

Eu particularmente amei esse passinho do começo ❤

Chung Ha trouxe algo que eu já amei logo que dei o primeiro play no clipe: CORES NEON!!! O que foram essas calças, batom e unhas brilhosas no escuro da boate?? Sério, eu amaria o vídeo mesmo se fosse só a coreografia no escuro.

Olhem esse passo para a intro… Como não querer imitar?? xD

Mas, mesmo já tendo reinventado o neon, Chung Ha também resolveu humilhar todas as cantoras básicas de baixo orçamento com um projetor e um lençol branco, tornando um clipe digno de nota mesmo sem ter plot, referências ou qualquer outra coisa além do vídeo e sua estética.

Não teve chance. Eu amo Sunmi e adorei as referências que ela fez em Heroine, mas a estética adotada por Chung Ha ficou tão bem feita e tão distinta do que estamos acostumados a ver nos últimos lançamentos coreanos (mesmo mantendo a fórmula a risca dos tipos dos passos, de enquadramento da filmagem, de perucas e tudo mais) que o ponto desse quesito é dela!

QUESITO 4: LETRA

Associar amor a uma montanha russa não é novidade pra ninguém. Mil e um cantores já fizeram essa analogia e outros mil cantores ainda estão para fazê-la, então nem tem como esperar uma letra muito inventiva de Chung Ha neste sentido. Ela é justamente o que você espera que seja, falando sobre um amor que vicia por ter seus altos e baixos (como uma montanha russa kk). O único verso que achei que conseguiu sair da mesmice foi “você sente a mesma atmosfera, então estou apaixonada”, logo na intro.

Confesso que quando vi que o nome da música de Sunmi era Heroine, associei diretamente à heroína, a droga, e não à heroína, o feminino de herói, e só fui me tocar vendo o clipe kkk Enfim, como esperado, a letra remete a um momento posterior a Gashina, falando do término propriamente dito que o lançamento anterior de Sunmi fez referência. As analogias inteligentes e inusitadas também batem cartão aqui, de uma forma mais melancólica e sóbria, com destaque para “por que você me deu asas se queria que eu caísse?” “sim, você sabe que me nevou”.

As letras comoventes de Sunmi ganharam de dez a zero… Ponto pra ela!!

QUESITO 5: IMPACTO

Fiquei realmente na dúvida nessa, porque, por um lado, Chung Ha refinou sua imagem e suas músicas (das outras músicas do mini-album, o reggae de Do It e o som retrô de Bad Boy estão ótimos), por outro, Sunmi deu coração e unidade a seus lançamentos ligando conceitualmente Gashina e Heroine.

Eu saí completamente satisfeito com ambos os comebacks, mas, como Chung Ha voltou com um mini-album inteiro e entrou no top de uns charts aí logo no lançamento (algo que Sunmi não conseguiu tão rápido, provavelmente pelo aumento na concorrência), o ponto é dela!!

 

CONCLUSÃO: Quem ganha desta vez, então??

Pela honra de Grayskull, CHUNG-HA!!!!!

Por três a dois, Chung Ha se vingou da derrota que sofreu no ano passado, melhorando seus pontos ruins e mantendo os bons. De fato, ela é uma grande solista em ascensão e tem tudo para ter uma ampla e diversa discografia de bops para descermos até o chão e gritarmos como loucos no chuveiro xD

4 comentários em “Duelo Musical #7: RE-VAN-CHE!!!! (ou Chung Ha e Sunmi fizeram comeback na mesma semana, como não comparar as músicas delas de novo??)

  1. Inicialmente eu tinha gostado muito mais de Rollercoaster, por ser aquele pop gostosinho que eu ouvia muito anos atrás, mas que agora anda em falta. Tava no repeat over and over aqui. Heroine me deu uma desapontadinha, e ainda prefiro Gashina, mas o clipe e música foram me ganhando aos pouquinhos, e depois de muita exposição, agora acho que teve mais impacto, e um clipe melhor também. No final quem sai ganhando é a gente, com duas solistas incríveis lançando coisa boa ♡

    Curtido por 1 pessoa

    1. Siiiim, cada uma foi meio pra um lado e saiu do ostracismo de lançar o que tá na modinha xD O que é incrível se você parar pra pensar que as duas começaram justamente seguindo a modinha kk

      Curtido por 1 pessoa

  2. O da Sunmi funcionou melhor comigo, hauhau. Mas foi um puta CHOQUE DE MONSTRO ❤

    Queria ver é a Park Bom retornando à cena musical agora em 2018, eclipsando todas as nossas favoritas com seu single de re-debut cataclísmico (ela já mostrou evidências!).

    Venham se divertir com minhas reviews de boygroup e não deixem de deixar aquele comentário agradável enaltecedor
    https://ratosdecristal.wordpress.com/

    Curtir

    1. A coreografia de Heroine (da Sunmi) é realmente marcante. Quando ela tem aquela dor nas costas fodida de véio e começa a ter um ataque epilético.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s