[Album Review] K.A.R.D. – Ride on the Wind (ou Com mais uma tour para o Brasil confirmada, K.A.R.D. lembrou que tinha que lançar música nova pro verão coreano antes de pegar o avião)

Resultado de imagem para kard ride on the wind

K.A.R.D. é um grupo que vive pelo sucesso no exterior. Já tendo feito várias tours (que, no cenário internacional, é o que realmente dá dinheiro na indústria fonográfica) e com a consistência sonora num ritmo que já cansou meio mundo pela superexposição, eles voltaram para o verão coreano, já tendo, ironicamente, datas de tours na América do Sul… Será que eles souberam utilizar-se bem de sua fórmula sonora e visual??

Resultado de imagem para kard ride on the wind

Tracklist:

  1. Humming (Intro)
  2. Moonlight
  3. Ride on the Wind
  4. Knockin’ on My Heaven’s Door
  5. Dímelo

Mantendo a estilística de seu último EP, o álbum começa com Humming, uma intro de um minuto e pouco, onde temos os integrantes fazendo uns melismas vocais a esmo sobre uma batida de tropical house.

Moonlight é a primeira faixa propriamente dita, um tropical house padrão, com BM entregando raps como se fosse o Pitbull e Somin engolindo todos os versos que poderiam ser da Jiwoo. Na letra, temos o tema genérico de curtir o momento e viajar pelo mundo a partir da analogia de “voar até a luz da lua”. Talvez, se já não tivéssemos uma intro, esta faixa poderia servir para introduzir o álbum, mas, do jeito que está, ela só soa dispensável mesmo.

Ride on the Wind, o single, traz uma carga diferenciada do tropical house do grupo, com BM e J.Seph CANTANDO pra variar um pouco e um pré-refrão suspirado extremamente aesthetic que combina com a sonoridade deles e traz uma carga mais calma pra fórmula “vamos curtir na praia” dos lançamentos coreanos de verão. O clipe é simples e sem muitas surpresas, com vários planos abertos, cenas de praia e destaque no que diferencia o grupo em primeiro lugar: os padrões de beleza diferenciados dos integrantes e as interações orgânicas que eles possuem entre si.

Imagem relacionada

Na verdade, neste lançamento fica até mais nítido como as diferenças de traços entre os integrantes acaba sendo um dos grandes diferenciais do grupo, porque temos crushes para todos os gostos: J.Seph é o carinha magrinho e estiloso, BM é o beefcake que aparece sem camisa, Somin é a mais padrão pra idols femininas coreanas e Jiwoo é a hipster diferentona.

A letra de Ride on the Wind fala sobre as idas e vindas do amor, com eles emulando conversas e brigas entre casais enquanto trocam os versos entre si (algo que, como grupo co-ed, é outra vantagem que eles tem). Não tem nenhum verso muito marcante além da figura de linguagem do refrão mesmo, mas nada que prejudique a faixa.

Knockin’ on My Heaven’s Door traz um pouco de variabilidade à tracklist, com um hip-hop + R&B e alguns sintetizadores no meio pra não destoar muito do som padrão do grupo. A faixa parece um bom encerramento para o álbum, apesar de aparecer no meio da tracklist. Sobre a letra, eu confesso que não entendi direito o que eles quiseram dizer… @.@’ O título é sensacional e diferentão, mas a construção dos versos não deixou claro o que esta metáfora quer dizer (e os gritos da Jiwoo cortaram todo o clima estava sendo construído no pré-refrão). Eu chuto que a “porta do céu” seria o amor do crush?? Quem ter uma ideia/souber do significado, comenta aí kkk

Dímelo termina o álbum com um reggaeton bem leve, com toques de reaggae fusion, trazendo ao K.A.R.D. a estética de seu público (ou seja, a América Latina), o refrão é todo ESPANHOL, e “dímelo” significa “diga-me” (eu não sei como não percebi antes de ver a letra @.@’). As vozes deles ficaram ótimas em espanhol e o refrão deu um destaque incrível pra letra, falando sobre a dúvida de saber se o crush gosta ou não de você. Neste sentido, a faixa não precisa de uma letra complexa ou cheia de figuras de linguagem, sendo o destaque do álbum tranquilamente…

Conclusões KARD#1

Mesmo sendo kardzeiro Hidden Kard, eu não achei o álbum aquelas coisas. O single é simplesinho e a única b-side que realmente funcionou comigo foi Dímelo. Se pelo menos tivéssemos um conceito pela tracklist ou uma fanfic no clipe, como no último EP do grupo, todo o projeto ficaria mais memorável mesmo se as músicas não envelhecessem muito bem (eu mesmo fui deixando de escutar as b-sides de You & Me com o passar do tempo, mas o clipe do single é um dos meus favoritos de 2017). Apesar de tudo, a consistência de som do grupo foi melhor trabalhada aqui do que em qualquer outro lançamento deles (das faixas do mini, três não foram pra estrutura típica de tropical house/dancehall) e isto até me deixa um pouco animado para o que o K.A.R.D. possa entregar no próximo lançamento…

Veja outros posts sobre K.A.R.D. xD Best Zodiacal 2017: Sagitário & CapricórnioBest Zodiacal 2017: Gêmeos & Câncer | You & Me

9 comentários em “[Album Review] K.A.R.D. – Ride on the Wind (ou Com mais uma tour para o Brasil confirmada, K.A.R.D. lembrou que tinha que lançar música nova pro verão coreano antes de pegar o avião)

  1. Vou confessar que desde o debut com Hola Hola + os singles pre debut, nada mais no KARD me animou. Não porque eles sigam o tropical house porque eu adoro, diga-se de passagem, mas nenhuma música pareceu mais tão memorável quanto as outras. Mesmo que Oh Na Na Na, Don’t Recall e Rumor tivessem uma vibe parecida, ainda assim elas traziam conceitos mais inventivos e parece que as músicas grudavam mais.

    You in Me e essa nova você ouve uma vez e não tem aquela coisa que te vicia e/ou faz ouvir de novo. É bem triste, porque eu acho que eles têm muita capacidade, talento e muito potencial! Agora é esperar o próximo comeback.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Siiiim!!! Se não fosse o clipe fanfiqueiro de terror psicológico acho que eu nem lembraria de You in Me (apesar de ter curtido a música quando lançou)…
      Mas acho que eles cantando o refrão em espanhol no Dímelo foi um bom sinal pro futuro, já tô até sonhando com altos versos em espanhol no próximo comeback *-* kkkk

      Curtir

      1. SIM COM CERTEZA! Eu acho que ia super ia combinar com essa vibe deles e ia chamar mais atenção pra América Latina que é onde eles têm mais público! Aquário, já pensou em comentar sobre Monsta X, NCT e uns grupos assim? Só uma sugestão HEHEHEHHE

        Curtido por 1 pessoa

      2. Eu estou lentamente curtindo alguns comebacks de boybands e colocando aqui kk NCT eu ia comentar o novo álbum, mas fiquei tão decepcionado com o resultado que deixei pra lá @.@’ Quem sabe no próximo comeback??
        A propósito, a última Album Review é do EP do Seventeen xD (não sei se você gosta deles tbm…) https://aquariohipster.wordpress.com/2018/08/02/album-review-seventeen-you-make-my-day-ou-a-boyband-de-mil-integrantes-esqueceu-da-praia-em-seu-lancamento-de-verao-sera-que-isto-e-um-bom-sinal/

        Curtir

  2. Se KARD não mudar logo o som, o hype em torno deles vai diminuir (coisa que já está acontecendo)… E deixo uma pergunta: porque tem pouquíssima coisa sobre j-pop no Aquário Hipster em relação ao restante da blogosfera? Gostaria de ver mais releases from Nihon, #fikdik

    Curtido por 1 pessoa

    1. O grande problema é que eles pegaram um som que já tava dando sinais de desgaste no mundo todo pra ser deles… Se o debut tivesse acontecido no começo de 2016 ou se eles fossem pra algo mais inusitado (como foi o começo de carreira do ShiNee com o new jack swing e do Mamamoo com o doo-wop), a história seria outra…
      E eu deixo a resposta kkkk: eu ainda sou meio iniciante quanto a j-pop (antes de 2017, de música japonesa, eu só escutava música de anime e vocaloid), então perco todo o timing pra comentar lançamentos aqui @.@’ Mas aguarde que tem uns lançamentos do Nihon que estou curtindo bastante este ano que logo, logo darão as caras xD

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s