[Album Review] Girls’ Generation Oh!GG – Lil’ Touch (ou O Aquário Hipster preparou uma surpresa depois do debut surpreendente da nova unit do Girls’ Generation!!!)

Girls'_Generation-Oh!GG_Lil'_Touch_group_promo_photo

Em uma tentativa inusitada de aumentar seu front de girlgroups enquanto o Moonlight Angels não debuta, a SM resolveu criar um zumbi do Girls’ Generation, no melhor estilo Nine Muses: juntado todas as integrantes do grupo que restaram na empresa e chamando de sub-unit. Apesar da iniciativa parecer estranha, depois da surpresa positiva que tivemos com o álbum de dez anos do grupo e os novos solos de DJ HYO e Taeyeon, o hype acabou sendo criado para o lançamento do grupo ser memorável… Será que foi?? (E mais: no final do post, o Aquário Hipster resolveu dar uma de SM e preparou uma surpresa inusitada!!)

Resultado de imagem para girls generation oh!gg

Tracklist:

  1. Lil’ Touch
  2. Fermata

A estratégia da SM aqui é óbvia. Tendo menos promoções que o usual (em um período mais curto de hype também) e faixas, a sub-unit é um teste para ver se o que a empresa pode oferecer da marca Girls’ Generation (ou seja: um grupo sem Tiffany, Sooyoung, Seohyun e Jessica) ainda funciona com o grande público e pode gerar lucro. Se der certo e o single vender/for impactante nos charts, aposto que, ano que vem, Taeyeon dará uma de Twice e não terá descanso, intercalando lançamento solo com o da unit. Se der errado e o single flopar, a Sunny pode voltar para o cantinho confortável que arranjou no porão da empresa…

Estratégias econômicas a parte, bem que a SM poderia ter dado um nome melhor pra a unit né?? “Oh!GG” é praticamente um (G)-IDLE/GLADES impact, no mal sentido, e é extremamente preguiçoso, já que “Oh!” foi o nome de um dos singles do grupo @.@’

Enfim, vamos ao famigerado single…

Lil’ Touch é uma uptempo frenética de refrão explosivo e repetitivo que aposta em versos mais minimalistas com toques de dancehall. Com cinco integrantes, as linhas ficaram muito mais distribuídas e o enfoque na Sunny e na Yuri surpreenderam. Apesar de ter adorado a construção do refrão e como ele ficou grudento, não achei que ele combinou muito com os versos e com o pré-refrão, dando um caráter meio desconexo na união dos elementos (mas é bem capaz que daqui umas semanas eu já esteja repetindo a faixa sem parar enquanto penduro roupa kk).

Sobre o clipe, foi uma boa variação do conceito caixa da SM, com os dois/três cenários sendo bem utilizados e o corte de cenas tão rápido quanto a batida da música. Devem ter vários simbolismos que vão surgir no futuro conforme o pessoal vai analisando o clipe com calma, mas as referências que eu vi foram: (a) Jessica sendo representada pela cobra que traiu o Éden e (b) a correria nos corredores dignas do Scooby-Doo. Aleatoriedades a parte, todas estão muito bem produzidas e o visual de nenhuma foi sacrificado no final, apesar das roupas horríveis que elas usam nas cenas do corredor. Uma pena que, em questão de screen time, a DJ HYO foi novamente sabotada (como eles, na hora da coreografia, me focam na Yuna?!). Pelo visto, se queremos algum enfoque, esperemos o novo single bilíngue dela.

Fermata começa como se fosse uma b-side acústica pisciana dos solos da Taeyeon, criando um bom contraponto com o single… até cair numa batida house meio esquecível depois do primeiro refrão @.@’ É incrível como o Girls’ Generation ainda não tinha sido pego por esta modinha mesmo tendo lançado um álbum ano passado. No fim, o resultado é uma pseudo-baladinha que tenta ser acima da média e acaba ficando esquecível. Não que eu esperasse um super bop na única b-side do álbum, então nem fiquei muito decepcionado. Como ponto positivo, pelo menos, consegui distinguir nitidamente a voz da DJ HYO sem precisar de nenhum daqueles vídeos de Line Distribution, olha o que um número maior de linhas não faz?? kkk

Conclusões RV#1Lil’ Touch claramente procura mostrar que o Girls’ Generation está inabalável e mais forte do que nunca, mesmo todos nós sabendo que o caso não é bem este, já que o último #1 nos charts delas foi Party láááá em 2015… Só que, diferente de muitas tentativas similares, o single convence, ainda mais sendo um single ALBUM e não apenas um single digital perdido no mundo como foi Catch Me If You Can. Na verdade, acho que este é o grande fator positivo que a b-side traz, mesmo ela não sendo muito memorável… @.@’

Uma impressão extremamente positiva que eu tive com o lançamento da unit foi o caráter progressista que ela possui. O mercado musical coreano cultiva a juventude feminina e troca de Girlgroup da Nação™ mais rápido do que troca de roupa. Por isto, um lançamento sério, procurando manter um grupo onde todas as integrantes tem mais de dez anos de carreira, confirmando implicitamente que o grupo sem a Jessica completo ainda não acabou, é, no mínimo, extremamente louvável e, dando certo, pode ser o indicativo de um início de uma mudança social no imaginário coletivo sul-coreano no que tange a este aspecto.

Agora é esperar pra ver no que tudo isto vai dar e descobrir como se o 2019 de Taeyeon será mais atarefado ou não…

MAS O POST AINDA NÃO ACABOU!!! Lembram-se que, semana passada, eu falei que as enquetes iriam voltar rapidinho para o blog?? Preparem-se para a surpresa do Aquário Hipster: The King of Fanfics (KoF), a nova enquete do blog!!

kof

Inspirada livremente em um dos melhores jogos de lutinha de todos os tempos, a ideia aqui é que vocês escolhem qual será o álbum que inspirará a próxima fanfic do blog não relacionada a lançamentos deste ano, trabalhada também como Album Review. Só que, diferente de todos os posts que fiz até então, cada música do álbum vencedor será um capítulo e terá um post solo no estilo dos Review/Fanfic.

Com o lançamento de Girls Generation Oh!GG, o tema para a primeira edição do KoF é sub-units!!!! Logo abaixo estão os álbuns das sub-units participantes. Para ajudar na escolha, temos, além do clipe do single, um resumo/sinopse da possível fanfic, o gênero que ela terá (com exemplos de fanfics já escritas aqui no blog), o número e periodicidade dos capítulos e um pequeno comentário de minha parte do porque o álbum foi escolhido pra enquete.

FIGHTERS, START YOUR ENGINES, AND MAY THE BEST FANFIC, WINS!!!

Fighter 1: Orange Caramel – Lipstick

Sinopse: Nana, Raina e Lizzy eram garotas comuns, daquelas que são confundidas em meio a multidão e ninguém se lembra muito bem. Grandes amigas, elas viviam sua tranquila e monótona vida felizes com o que já haviam conquistado. Até que uma estranha encomenda chega na casa de Raina: um lindo e caro batom laranja de uma das mais badaladas marcas do país!! Se elas já não esperavam isto, imagina quando, ao passar o batom, acabam se vendo em uma realidade colorida, louca e desprovida de qualquer lógica?! Como elas irão voltar para casa??
Gênero: Comédia Non-Sense
Exemplo: As Deventuras das Gugudan – Chococo
Número de capítulos: 10
Periodicidade: 2 capítulos por semana
Comentário: Tratando-se de sub-units, não tinha como o icônico Orange Caramel ficar de fora. Além de ser uma das sub-units mais bem sucedidas do k-pop, seu conceito (candy culture) foi super bem executado, diferenciando-se perfeitamente do grupo mãe (After School) e hitando loucamente na Coreia do Sul. No Wikipédia, estão listadas 12 faixas no Lipstick, mas como o Spotify só tem dez, por questões de acessibilidade, só estas dez farão parte da fanfic e dos reviews mesmo @.@’

Fighter 2: Nine Muses A – Muses Diary

Sinopse: Kyungri, Hyemi, Sojin e Keumjo são reincarnações de quatro das nove musas da mitologia grega. Como tais, suas ambições são gigantes e implacáveis. Depois de Kyungri ser demitida injustamente da equipe de tecnologia do aplicativo de relacionamento Amuse, as quatro traçam um plano, não apenas para se vingar do idiota que a demitiu, como também para assumir todos os cargos de liderança na empresa!! Este é o Diário de Vingança das Musas!!
Gênero: Slice of Life/Realismo Fantástico
Exemplo: Lip & Hip – Quando HyunA Descobriu o Tinder
Número de capítulos: 5
Periodicidade: 1 capítulo por semana
Comentário: O que a SM fez com o Girls’ Generation fez não é novidade, incluindo o nome completamente aleatório. Nine Muses A foi algo completamente avulso e desnecessário, até porque, no ano seguinte, as quatro integrantes fizeram lançamento como o grupo completo (Nine Muses), tirando qualquer propósito que a unit poderia ter… Pelo menos tivemos um nome icônico para o álbum e um clipe divertido.

Fighter 3: EXO-CBX – Girls

Sinopse: Chen tinha acabado de ser recusado pela sétima gravadora seguida. Baekhyun estava tentando arrancar dinheiro de transeuntes com falsos truques de mágica. Xiumin apenas estava voltando para casa depois de um longo dia no estágio. O que fazer quando uma mulher aparece subitamente no meio da rua, dizendo que realizará o desejo de quem a ajudar?? Ainda mais se esta mulher se autoproclama como a Grande Feiticeira do Leste de Jeonju?!
Gênero: Suspense/Fantasia Urbana
Exemplo: You & Me – O que aconteceu em Apego? e Love Yourself: Awnser
Número de capítulos: 7
Periodicidade: 1 capítulo a cada 10 dias
Comentário: Praticamente a versão masculina de Girls’ Generation-TSS (não se preocupem que esta unit também está na disputa), EXO-CBX conseguiu surpreender muita gente por seu estilo descompromissado e pela competência com que a SM está gerenciando os lançamentos do grupo (já são dois coreanos e dois japoneses, sendo que a unit mal tem dois anos de vida @.@’). Como eu preferi o lançamento japonês e não podia ser algo deste ano por causa do conceito do KoF, o escolhido foi Girls mesmo…

Fighter 4: Raibow Blaxx – RB Blaxx

Sinopse: A velha não sabia qual era o nome delas. A velha não sabia se eram humanas. Tudo que a velha sabia era que elas vomitavam diamantes. DIAMANTES!!!! Se as mantivesse sobre seu domínio, recuperaria todo o poder e riqueza que tivera um dia… Mas, e se Jaekyung, Woori, Seungah e Hyunyoung tentarem escapar desta prisão?? Será que conseguirão??
Gênero: Terror
Exemplo: Basicamente todas as fanfics do Red Velvet do blog
Número de capítulos: 4
Periodicidade: 1 capítulo por semana
Comentário: Outra unit completamente avulsa que só teve um lançamento, Raibow Blaxx chocou pelo clipe genial de DigiPedi, que serviu de base para a sinopse da fanfic. No lançamento seguinte, o grupo todo (Rainbow) ficou dark (acabando com a diferença conceitual para com a unit) e acabou flopando, o que pode ter sido resultado das críticas que o sexy concept da unit levou @.@’ Um detalhe: o mini só tem três faixas e o instrumental do single, mas, para eu poder desenvolver melhor a estória, deixei enquanto quatro capítulos.

Fighter 5: Trouble Maker – Chemistry

Sinopse: HyunA e Hyunseung são um casal implacável. As autoridades simplesmente não sabiam o que fazer depois que eles começaram a onda de assaltos que abarcou bancos, museus, galerias de arte, prédios públicos e tudo mais que quisessem. Mas tinham uma pista! Um dos dois tinha começado a vazar informações de seus imprevisíveis planos para a polícia. Quem era?? E o que o outro faria se descobrisse??
Gênero: Ação
Exemplo: Hann – O Veneno do Escorpião e Something New – Cuidado!!! Taeyeon é uma agente secreta coreana e está full pistola!!!
Número de capítulos: 5
Periodicidade: 1 capítulo por semana
Comentário: Sei que muita gente não considera o Trouble Maker como uma unit porque ele junta integrantes de dois grupos diferentes, mas não tinha como ignorar algo tão icônico e com uma fanfic tão nítida pro KoF. Chemistry foi um lançamento extremamente controverso, envolvendo todo o tipo de boatos na Coreia do Sul (inclusive da HyunA estando grávida again) e gerando uma versão com classificação indicativa 19+ do clipe. Mas, curiosamente, o single hitou e a unit não teve nenhum comeback depois por incompetência da Cube…

Fighter 6: Girls’ Generation-TSS – Twinkle

Sinopse: Taeyeon, Seohyun e Tiffany eram pobres, mas a última era a única que sonhava com o estrelato! Tanto que apostava toda semana na loteria, implorando para suas duas amigas lhe emprestarem as moedas que faltavam para comprar o bilhete. O esperado dia chega e, por um desatino do destino, Tiffany se torna a mais nova milionária da cidade… Mas, espera, agora ela tem que dividir o dinheiro com Taeyeon e Seohyun?? E ainda aturar as socialities esnobes??
Gênero: Comédia Romântica
Exemplo: O capítulo da Chuu na Saga do Loonaverso
Número de capítulos: 7
Periodicidade: 1 capítulo a cada 10 dias
Comentário: Claro que a outra sub-unit do Girls’ Generation iria figurar no KoF, até porque, originalmente, este é um post que fala sobre a nova unit do grupo kk Lançado logo após The Boys, TTS foi cercado de rumores e sonhos onde a SM iria dividir o grupo em três sub-units e ir promovendo loucamente para estabelecer a marca Girls’ Generation eternamente (como ela fez com o Super Junior). No fim, era tudo especulação e, pro azar de todos, o TTS acabou tendo só um comeback antes de morrer com um lançamento de natal…

Saibam também que a fanfic vencedora poderá ter ships “famosinhos” entre os integrantes assim como participações especiais de outros integrantes do grupo original/outros atos da mesma empresa, no estilo que foi as fanfics de Something New e Hann.

A votação ficará aberta por uns três meses aqui no post e no canto do blog (até lá eu conseguirei finalizar/estar próximo de acabar A Saga da Diva Quase Aposentada Namie Amuro), votem com sabedoria ^^

8 comentários em “[Album Review] Girls’ Generation Oh!GG – Lil’ Touch (ou O Aquário Hipster preparou uma surpresa depois do debut surpreendente da nova unit do Girls’ Generation!!!)

  1. ” FIGHTERS, START YOUR ENGINES, AND MAY THE BEST FANFIC, WINS!!!”

    As referências a a a a. a

    Troublemaker sendo o próprio Bonnie e Clyde amei! A de TTS e do Rainbow blaxx idem, ai não consigo escolher uma só.

    Amei a surpresa, valeu a pena ficar morrendo de curiosidade por esses dois dias, obrigado pelos mimos 💜

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que bom que gostou XD!!!!

      Não consigo me conter nas referências hehe E, realmente, todas as fanfics parecem que serão super divertidas de escrever, então estou muito na expectativa pra ver qual será a que vai receber mais votos no final :3

      Que isso… Obrigado por ter comentado ^^

      Curtido por 1 pessoa

  2. Eu sei que muita gente torceu um pouco o nariz pra Lil Touch, mas eu gostei muito. Por mais que a gente saiba que essa unit não é lá uma unit e sim o grupo todo, mesmo assim eu achei legal a proposta e trouxe uma coisa nova pra elas, um som um pouco diferente do Girl’s Generation como grupo e ainda deu pra finalmente as outras integrantes soltarem a voz e não focar TANTO assim na Taeyeon (mesmo que seja um pouco impossível).

    Sinceramente, um girlgroup estar a tanto tempo trabalhando, ainda tendo sucesso e relevância é muito difícil e, como você falou, pode ser uma mudança no imaginário coreano em relação à idade e etc. No fim, acho que a SM vai fazer com elas igual faz com o SUJU, nunca vai dar disband e vai rolar uns comebacks com a unit e um dia, quem sabe, voltar com o grupo completo.

    ps. Só eu que imaginei a Rihanna cantando essa música?!

    Curtido por 1 pessoa

    1. “acho que a SM vai fazer com elas igual faz com o SUJU” – seria incrível que a SM fizesse isso e já tirasse umas duplas aleatórias pra debutar ano que vem, como Girls Generation S&H (Sunny e DJ HYO) ou Girls Generation 2Y (Yoona e Yuri)

      PS: Nem tinha pensado nisso, mas agora tenho certeza vou acabar lembrando dessa associação sempre que ouvir a música kkkk

      Curtir

  3. Sobre a nova unit do GG, eu curti bastante a idéia, e elas pareciam bem naturais no MV e a música é bem envolvente, uma pena que elas não irão promover a faixa, pois eu adoraria ver elas nos programas semanais esbanjando figurinos luxuosos todos semana hehe… Espero que a unit tenha comebacks, pois não imagino o GG voltando como grupo de 08 integrantes tão cedo…

    Sobre as fanfics: eu me interessei por todas, mal consegui escolher, e olha que nem sou fã de fanfic kkkkk…

    Obs: deixo aqui meu último cover, pq eu já perdi a vergonha na cara, e vou sair divulgando por todo lugar que eu passar:

    Curtido por 1 pessoa

    1. Depois do sucesso que deu, acho difícil não terem comebacks (aí sim com muitos stages e divulgações pra encherem os nossos vídeos de “Sugestões” do Youtube kkkk), até porque o Girls’ Generation ot8 vai demorar mesmo pra acontecer (se acontecer né?? kk)

      Fico muito feliz que tenha gostado das fanfics ^^ Vote com sabedoria x3 hehe

      OBS: Tá super certa!! Divulgar é essencial xD

      Curtir

  4. Eu gostei muito do clipe e single, acho que foi mais do que o suficiente pra manter o Girls Generation vivo, principalmente quando parece que Lil Touch tá fazendo mais sucesso que Holiday.
    PS: Amei a enquete das fanfics kkkkk

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s