[ESPECIAL] Plantão Hipster: Seungri, do BIGBANG, se aposenta após investigação policial

(Ou Mais um caso de como, lentamente, o machismo estrutural das estrelas coreanas está sendo revelado)

Bem-vindos a primeira postagem de plantão do Aquário Hipster!!! Nesta madrugada, uma bomba de tamanhos estratosféricos explodiu no mundo do k-pop que culminou na aposentadoria de Seungri, que havia se tornado a pouco o CEO de uma das subsidiárias da YG Entertainment, que também está envolvida na confusão.

As investigações se iniciaram há, aproximadamente, um mês e meio atrás, com um cliente do clube Burning Sun, Sr. Kim, sendo espancado pelos seguranças do local. O que parecia um caso de lesão ganhou toda uma nova proporção quando foi vazado um vídeo mostrando um cliente VIP do clube saindo discretamente do local em meio a confusão. Ele tinha sido acusada de assédio sexual por três mulheres empregadas pelo clube. E, além de cliente VIP, era próximo do CEO do Clube e de Seungri.

As investigações continuaram mais a fundo a partir do vazamento deste vídeo, com uma das três mulheres, Aena, sendo investigada por tráfico de drogas. A certeza da acusação surgiu ao descobrirem uma investigação forçadamente interrompida sobre distribuição de drogas no clube em setembro de 2018, envolvendo Aena.

Em paralelo, a YG Entertainment começou a ser investigada por não pagar impostos. Enquanto parte de um conglomerado, a empresa detinha vários clubes registrados enquanto “restaurantes gerais”, quando forneciam entretenimento nomeado pela mídia coreana enquanto “adulto”, sem a devida autorização do governo, de acordo com a legislação sul coreana.

Neste sentido, ambos os casos encontraram certa harmonia na investigação do surgimento dos clubes envolvidos, descobrindo que Seungri foi um dos investidores iniciais do Burning Sun, tendo um cargo executivo e atuando enquanto promoter. Então, ambos entraram na investigação de evasão de impostos.

Neste sentido, sendo um clube de público adulto, boatos se espalharam envolvendo Seungri contratando prostitutas para incentivar investidores do clube. O que parecia apenas um rumor se confirmou com uma conversa em forma de texto sendo enviada a uma autoridade em sigilo. A polícia local negou o fato, entretanto, a Comissão de Direitos Civis e Anti-corrupção o confirmou, afirmando que a polícia local não havia recebido a prova por estar “comprometida”.

Neste contexto, foi descoberto que Mr. Lee, CEO do Burning Sun, subornava a polícia para ignorarem a entrada de menores de idade no clube.

Assim, Seungri foi acusado que violar a lei anti-prostituição sul-coreana e as investigações continuaram.

Outras celebridades foram descobertas enquanto envolvidas no escândalo e, hoje, a investigação tomou um novo patamar ao ser encontrado um grupo de chat no qual Seungri junto de outras celebridades masculinas e investidores compartilhavam vídeos e imagens de mulheres bêbadas ou drogadas sendo assediadas ou em relações sexuais. Foi informado que as mulheres não tinham conhecimento de que estavam sendo gravadas.

Foi neste contexto que Seungri anunciou sua aposentadoria. Ele já havia anunciado seu alistamento no exército no início desta confusão, porém hoje ele publicou em seu instagram o seguinte texto:

“Neste momento, parece que seria bom para eu me aposentar da indústria do entretenimento. Decidi me aposentar da indústria do entretenimento por causa da enorme controvérsia social que surgiu. Estou sob investigação, e receberei investigação com sinceridade para que as suspeitas do prédio possam ser reveladas.

Durante o último mês e meio, recebi críticas e ódio do público e estive em uma situação em que todas as agências investigativas deste país estão me investigando. Eu simplesmente não posso aceitar causar dor àqueles ao meu redor só por minha causa.

Eu gostaria de agradecer sinceramente a todos os fãs dentro e fora da Coreia que me mostraram amor nos últimos dez anos. Pelo bem e honra do Big Bang e YG, [minha carreira está] terminando aqui.

Eu gostaria de me desculpar mais uma vez.”

E o resumo sobre o caso acaba por aqui. As respostas da população a investigação variam desde fãs defendendo Seungri até rechasso público ao Seungri e, consequentemente ao BIGBANG. Não é a primeira vez que o grupo se envolve em controvérsias envolvendo clubes e distribuição de drogas, porém, dada a proporção que o caso atingiu, juntamente com os vídeos encontrados e a evasão de impostos, acho bem difícil isto ser ignorado no futuro quando os outros integrantes do grupo voltarem do exército.

Eu apenas me entristeço com toda esta situação e me preocupo com a vida e segurança das mulheres sul-coreanas, sejam idols ou não. Encerro o post com o seguinte questionamento: quantos outros artistas não abusam e assediam mulheres e tem seus casos acobertados pelas autoridades sul-coreanas?

Fontes:

http://www.asianjunkie.com

– Tradução da mensagem de Seungri: Grupo Smercenária

6 comentários em “[ESPECIAL] Plantão Hipster: Seungri, do BIGBANG, se aposenta após investigação policial

  1. Vi isso na SMercenária também. Pensei em comentar sobre o assunto, mas vou esperar um pouco e pensar melhor no que vou falar. Lamentável é ter que encarar o seu único fave do Big Bang ir pra fossa e perceber que ele não era tão gente boa assim…

    Curtido por 2 pessoas

  2. É lamentável ver os fãs correndo pra defender como se tivessem qualquer prova do caráter dele. Galera não tem o mínimo de preocupação com as vítimas e só pensa na imagem do fav… Sendo o Seungri culpado ou não, só espero que haja justiça pras vítimas e os responsáveis sejam devidamente punidos.

    Curtido por 3 pessoas

  3. Tá caindo a casa geral. Isso mostra uma mudança de postura diante dos casos de abuso ocorrido dentro do show biz.
    Mas concordo com o No Name, devemos esperar a conclusão da investigação policial pra dizer alguma coisa.
    Antes de Tudo, a justiça tem que ser feita, pois esse tipo de comportamento é inaceitável.

    Curtido por 3 pessoas

  4. Mesmo que não devemos julgar antes das investigações e tals, mas pode prestar atenção que ele sempre se mete nesses êmbolos e não é o primeiro escândalo dele.
    Sempre tive um sentimento meio estranho com ele, mas como era fã das músicas na época e era um dos meus favoritos nunca liguei, mas daí a gente cresce e depois das polêmicas de vários idols e celebridades preferidas a gente para de ficar passando pano.
    Não fico do lado de acusado e suspeito e sim da vituma. Fico sempre do lado das mulheres pois os homens so protegem homens e grande maioria das leis protegem eles também.
    PS. Fico meio assim porque tenho uma prima que é pouco tempo fã e é louca pelo grupo e tenho certeza que tá no twitter passando pano.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Meu radar de mal caráter sempre funciona, nunca fui com a cara dele, e desde que ele lançou aquele álbum “O Grande Seungri” eu fiquei meio de olho nele com desconfiança de algo ruim (sei lá, sempre que vejo alguém se intitulando alguma coisa grande eu não imagino coisa boa saindo dessa pessoa).

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s