Mina, Jimin e a baterista do AOA: Mais um baque da segunda geração

Hoje acordamos com mais um dia cinzento no kpop. Em uma profusão de mensagens e indiretas no instagram, Mina, ex-integrante do AOA, confessou que sofria bullying de Jimin, o que levou a marcas profundas na saúde mental dela depois que seu pai morreu. E Youkyung (lembra? A baterista…), jogou um verde no instagram criticando todo este contexto do grupo…

AOA's Mina Hints At A Hopeful Comeback And Keeping In Touch With ...

Muito bem, de acordo com o Allkpop, primeiro, a Mina fez um post no instagram falando que sofria bullying de uma integrante de seu antigo grupo, mencionando o fato de uma forma bem por cima e dando um relato bem sofrido mesmo, em que menciona que sabe que “ninguém a respeita como idol ou artista” e que “ela não pediu pra nascer”. Sério, que foda…

Depois, a Jimin postou e excluiu um story em que escreveu “ficção”. E, antes mesmo de qualquer resposta da Mina, a baterista fez um post mencionando indiretamente a situação, citando o comportamento das pessoas enquanto espectadoras de situações como esta e finalizando com uma mensagem positiva de viver um dia de cada vez.

Então foi a vez a Mina revidar e deixar bem claro que foi a Jimin o alvo de sua acusação, postando fotos de seu pulso machucado por conta de self-harm (eu simplesmente não consigo escrever esta expressão em português… :/) e mencionando que não tem dinheiro para processá-la, culpando-a por estar em uma situação difícil financeiramente, pois foi ela quem a “obrigou” a sair do AOA (quando eu coloco entre aspas é porque, neste contexto a Jimin teria criado as situações que fizeram ficar insustentável a Mina ficar no grupo, emocionalmente falando…)

E por enquanto, foi isto…

(Edit: Mina continuou fazendo mais posts sobre a situação, expondo mais dificuldades que passou por conta disso)

(Edit 2: Mina publicou no instagram que as integrantes do AOA foram em sua casa junto com o empresário para conversar sobre a situação. Apesar de isto colocar um certo “encerramento” pra esta questão, a declaração sincera e confusa da Mina a partir das reações de Jimin mostra claramente que não é do dia pra noite que isto vai se resolver, assim como não é um simples pedido de desculpas que vai mudar tudo… É um processo, e vai tomar um tempo e esforço de todo mundo envolvido. Se quiserem mandar mensagens positivas para a Mina, o instagram dela é @kvwowv…)

(Edit 3: Jimin colocou um pedido de desculpas no seu instagram e a Mina respondeu – apagando pouco depois – mencionando que a Jimin já tinha até levado um homem pro dormitório delas. Inclusive, a Mina esclareceu que sempre se deu bem com todas as outras integrantes do AOA e que passou momentos felizes junto delas)

(Edit 4: FNC declarou que a Jimin se APOSENTOU da indústria do entretenimento e que vai cuidar melhor de seus artistas de agora em diante)

Existem pessoas que estão defendendo a Jimin e existem pessoas que estão defendendo a Mina, o que está gerando toda uma onda de teorias e reflexões, já que a ChoA pode também ter saído do grupo por conta de uma situação como esta…

Não sei você, mas eu estou num misto de cansaço e conformismo com toda esta situação (ou eu só acordei com dor de cabeça e isto é um resultado), e não consigo levar esta situação sem levar um pouco pro lado emocional mesmo. Ainda mais agora com a saída da Jimin do AOA e da indústria do entretenimento parecendo que só aconteceu porque a Mina mencionou que ela levou um homem pro dormitório do que por todo o contexto do bullying em si. Como o Palpites Alheios mencionou ontem, quem acompanhou a segunda geração do k-pop viu cada coisa se desenrolar que parece que só estamos esperando alguma polêmica sombria surgir nos grupos em que, aparentemente, está “tudo bem”.

ShiNee, Girls’ Generation, KARA, f(x), 2NE1, T-Ara, After School, Super Junior, TVXQ, EXO, Brown Eyed Girls, Big Bang, Secret, Ladies’ Code, Nine Muses… Todos estes grupos tiveram polêmicas fortes que resultaram em fortes cicatrizes para os integrantes (ou os revelou como uns machistas criminosos do caramba), muito por conta do contexto insano que se esconde por trás dos sorrisos e da perfeição visual do k-pop. É bizarro parar pra pensar que o ÚNICO girlgroup desta época que não teve polêmicas ou tragédias em sua trajetória foi o SISTAR (e talvez o Rainbow, mas como ele é da mesma empresa que o KARA, duvido que não tenha acontecido alguma coisa).

É muito forte todo este contexto, porque as músicas que tanto curtíamos vão tendo um gosto cada vez mais amargo e parece que o que nos atraiu para o gênero desde o começo é baseado em uma mentira e em superexploração de jovens que sonham em ser artistas… Olha, é complicado.

Eu só espero que a Mina consiga passar por esta situação (falar publicamente deve ter ajudado de alguma forma, porque lembro que há alguns meses ela estava dando sinais de que estava bem mal no instagram) e que isto não vire um novo círculo de ódio (como aconteceu com o T-Ara), com a Jimin (ou as outras integrantes, vai saber) se responsabilizando de alguma forma pelas suas atitudes.

Sinceramente, eu achava que o AOA estava conseguindo se tornar um exemplo de superação em meio a estas polêmicas, como ocorreu com as Brown Eyed Girls, a Park Bom, o Ladies’ Code, as integrantes do Girls’ Generation… Mas toda esta questão bota mais uma marca na história conturbada delas enquanto grupo e provavelmente elas disbandem de vez (o que, no fim, pode ser o que é melhor que aconteça mesmo).

Song Review: Jimin (AOA) – Hallelujah | The Bias List // K-Pop ...

Eu dei uma ventilada aqui nas ideias e agradeço se você leu até aqui. Lembro muito bem de como descobri a tragédia com a Sulli segundos antes de chegar no trabalho e ter de guardar tudo que estava sentindo por horas a fio pra tentar me concentrar no que tinha de fazer… Então, desta vez, já tô me abrindo mesmo, porque ficar segurando as coisas, sinceramente, nunca é bom…

Mando muitas boas energias para você neste dia e espero que esteja cuidando de sua saúde mental! \o/

PS: Decidi encerrar este post com a música que marca a real superação do Ladies’ Code da tragédia que as abalou em 2014… Demorou três anos para elas voltarem e só em 2018 parece que elas conseguiram se mostram sorridentes em suas músicas. A vida é fluída e tem seus altos e baixos, vamos nos sentido tristes e felizes com o passar do tempo, continuando a viver um dia de cada vez…

PSS: Acabei de ver que as integrantes do Ladies’ Code saíram da empresa e o grupo disbandou entrou em hiatus indefinitivamente, o que já me deixou pra baixo de novo…


PSSS: Já passou um tempinho que isto explodiu na internet, mas é importante lembrar do que está ocorrendo com os protestos contra violência policial ocorrendo em vários lugares do mundo (inclusive aqui no Brasil). Percebi que é crucial neste momento procuramos nos informar e ajudar como puder (principalmente nos conscientizando sobre racismo). Não estou no meu lugar de fala aqui, mas estou dando o meu melhor para aprender a ser antirracista (é o mínimo do mínimo que posso fazer sobre tudo isso). Se você quiser/puder ajudar, clica aqui e dá uma olhada nos links do Black Lives Matter, compartilhando se possível. Em relação a conscientização, eu vi um vídeo muito bom falando sobre racismo para dar os primeiros passos para ter atitudes antes antirracistas, clica aqui pra dar uma olhada. Muito obrigado por ler o post até aqui!

19 comentários em “Mina, Jimin e a baterista do AOA: Mais um baque da segunda geração

  1. Cara a segunda geração precisava de um banho de sal grosso, um acompanhamento psicológico e ferias. Dá uma tristeza ver como o povo não está feliz e mesmo assim são obrigados a trabalhar, a botar um sorriso na cara, vamos normalizar tratamento emocional precisamos urgente. Ja perdemos muitos artistas, outros estão afundados em depressão. Somos seres humanos e estamos fadados a errar, essa cultura de cancelamento tá uma bosta, devemos mostrar o erro e explicar pra pessoa como ela pode melhorar. Mas ela não é perfeita.
    A mina era a minha favorita do grupo junto com a Chanmi e as duas são humanas. Assim como a sulli, o jonghyun, a goo hara, e os outros, eu vi gente feliz com as mortes deles e me magoa isso como ser Humano. Acoredem pessoas estamos regredindo, vidas humanas importam sim.

    Curtido por 2 pessoas

    1. Acho que o trabalhar com um sorriso na cara é o mais traumático, tipo, mano?? Consegue até ser pior do que não poder expressar suas emoções… Lembrei agora do carinha do 100% e pouco depois o grupo teve de fazer comeback…
      Com esta cultura do cancelamento, eu concordo 100%. As pessoas clamam por artistas mais “verdadeiros” mas quando o artista erra, como todo mundo erra, ou pior, quando aparece que errou há uns anos, os fãs já vão crucificando… Mano, se era pro artista ser mais verdadeiro, esteja pronto pra ver as imperfeições no meio do caminho…
      Poutz… A minha favorita era a Jimin, a Chanmi e, depois que ele deu várias declarações feministas, a Seolhyun. Agora eu nem sei o que pensar… Ainda mais com comentários como estes que você que as pessoas não conseguem mais diferenciar a figura pública das pessoas com as pessoas de verdade que estão por trás de cada apresentação…

      Curtido por 2 pessoas

      1. Eu acredito que essa desavença que tinha muito no AOA e nos grupos de Kpop, se dá pelo excesso de trabalho, e o favoritismo de idol em cada grupo. Como exemplo o AOA, era escancarado que a empresa enaltecia Seolhyun, Choa e Jimin, e praticamente tava nem ai pro resto do grupo. O artista se sente desvalorizado, e vai perdendo o animo. Agora veja o litle mix, tiveram muitas dificuldades ao longo da carreira mas permanecem unidas e a divisão nos videos e nas musicas são dividas entre as quatro, claro que tem musicas que algumas brilham mais, mas a união permanece. É assim que devia ser o kpop.

        Curtido por 2 pessoas

  2. Eu vi essa história ontem… O AOA já passou por dois boicotes com polêmica, mas nada não grave quanto esse. Agora é esperar a FNC e as meninas falarem alguma coisa, se é quando vai falar e não dar um hiatus indefinido no AOA mais uma vez. Fico real chateado com situação, ainda mais com a Jimin

    Curtido por 1 pessoa

  3. Muito triste essa situação. Prefiro nem dar pitaco sobre quem estaria certa ou errada; minha preocupação maior é que a Mina procure ajuda, faça terapia, porque ela definitivamente não está bem. Imagino que, como ela disse que também está passando por dificuldades financeiras, deva ser difícil pagar um psicólogo, mas suponho que na Coreia do Sul deve haver profissionais que fazem atendimento pro bono (considerando que até o Brasil tem) – ou, espero, algum profissional bem que poderia se sensibilizar com o caso dela (ou, numa visão mais insensível, se oferecer pra tratar ela de graça em troca da publicidade de atender uma idol relativamente reconhecida).

    Quanto à Youkyung, sei que volta e meia ela publica uns vídeos dela fazendo covers em bateria de músicas de grupos idol. Não sou um grande entendedor de bateria, mas ela parece ser muito boa.

    Enfim, só espero que todas elas fiquem bem. Que a Mina consiga a ajuda de que precisa, e que as garotas do AOA não passem por apertos com o fim do grupo (o que muito provavelmente vai acontecer). Seolhyun deve ter um pé de meia considerável se soube guardar o dinheiro dos CFs, mas as outras ficam numa situação delicada…

    Curtido por 2 pessoas

    1. A propósito, o Apink conta como segunda ou como terceira geração? Se for segunda, acho que elas também entrariam entre os poucos grupos que saíram ilesos (tirando as plásticas horríveis de metade das integrantes, mas isso é fichinha perto de traumas psicológicos e bullying).

      Curtido por 2 pessoas

      1. Sobre o Apink, dei uma pesquisada e aparentemente todo mundo que debutou de 2011 pra frente é terceira geração (então o AOA também seria terceira geração 🤔), mas eu acho estranho misturar o debut do RV e do Twice por exemplo (2014/2015), com os debuts pré-Gagnam Style, pra mim faz meio q sentido juntar tudo na 2 geração kkk Mas, de fato, o Apink e outro que saiu ileso… Até tinha esquecido

        Curtido por 1 pessoa

    2. Siiim!!! A empresa de atores que está gerenciando a carreira da Mina parece que vai ofecer todo o apoio necessário, pela forma como eles se manifestaram… Espero que ela consiga um tratamento psicológico… Se pra nós já faz bem ir pro psicólogo, imagina pra idols que sofrem toda esta pressão??

      Curtir

      1. Sim! Deveria ser obrigação das agências fornecer atendimento psicológico aos idols (mesmo que isso entrasse nas dívidas deles depois; afinal, nem é algo tão caro assim). Esse meio é muito pesado pra aguentar sem a pessoa quebrar.

        Inclusive algo interessante que eu li, e que talvez possa ser verdade, é que os netizens têm tratado a Jimin como a vilã nessa história e nenhum considerou que ela também pode ter sido vítima das pressões da vida de idol e fazer bullying contra a Mina pode ter sido a maneira que ela encontrou pra aliviar um pouco essas pressões. Claro que isso não justifica as ações dela, mas ajuda a mostrar que o problema é muito mais complexo.

        Outro ponto interessante é que, se não me engano, o problema de saúde do pai da Mina aconteceu na época de Like A Cat, certo? Nessa época elas estavam começando a deslanchar graças ao sucesso de Miniskirt, mas ainda não tinham chegado ao ponto de quitar as dívidas com a FNC – e qualquer problema podia colocar tudo a perder. E as pressões que elas sofriam pra quitar essas dívidas não deviam ser poucas, porque a Chanmi (maravilhosa, por sinal) já comentou que em certo momento nos primeiros anos do AOA chegou a FUGIR DO DORMITÓRIO e abandonar o grupo, e só voltou depois que as colegas a encontraram e acalmaram ela.

        Por sinal, a Chanmi foi uma que sofreu hate dos netizens porque em uma entrevista ela “teria olhado com desprezo para a Choa”. Sendo que ela já disse que a Choa foi a principal responsável por convencer ela a continuar no AOA e que era grata à unnie por isso…

        Curtido por 2 pessoas

      2. Se pegarmos o histórico do AOA e pararmos pra pensar qual era o estilo de música que colocou elas no topo, dá pra até entender a lógica por trás do grupo ser tão atacado, afinal, era um grupo sexy em que quase todos os singles falavam sobre emponderamento feminino, tipo, dá pra imaginar a moral e os bons costumes tremendo nas bases, ainda mais com elas sendo cada vez mais empoderadas no decorrer do processo. Até hoje lembro de como a Seolhyun deixou de seguir não sei quantas pessoas no instagram por conta de atitudes machistas… Enfim, eu só espero mesmo que o círculo de ódio acabe porque é bizarro grupos como o BigBang terem tanta passada de pano e enquanto isso as pessoas estão numa caça as bruxas pra quase todas as integrantes do AOA

        Curtido por 1 pessoa

    1. Eu dei uma pesquisada e, de fato, o AOA seria da 3 geração, mas sei lá, acho estranho colocá-las em um pacote diferente dos grupos de 2009 e 2010 porque elas estouraram meio q quando todos estes grupos estavam ativos ainda (grupos que debutaram em 2014 e 2015 pra frente já tem uma pegada totalmente diferente, então acho q faria sentido falar que a 3 geração começa meio que por aí, pelo menos pra mim kk)

      Curtir

      1. Realmemte, a maior mudança estética e sonora a gente percebe entre 2014 e 2015… por isso que já estão falando em quarta geração…

        Curtido por 1 pessoa

  4. Em todo caso, apesar da minha tristeza com o fim do AOA (duvido que elas consigam se reerguer depois dessa), confesso que continuo gostando das músicas delas, e vou continuar usando o #theprettygirlsare (agora apenas sem o AOA… hm, talvez #theprettygirlsareLOONA? Gatinhas do LOONA, venham para o lado SEXY da Força… quer dizer, do k-pop!)

    Curtido por 2 pessoas

      1. Né? Se colocarem a GRIMES pra falar o “the pretty girls are LOONA” com a mesma vozinha de personagem de desenho animado que ela fez em love4eva, melhor ainda!

        Go Won, aproveite seu status de madrinha do filho da Grimes e peça esse favor!

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s