BBANG BBANG, Pocket Girls: Melhor que Twice, BlackPink, SNSD e 2NE1… Uma revolução nostálgica no k-pop feminino | Navegando na Nugulândia 1.01

O termo 누구 (“nugu”) é uma expressão coreana equivalente ao pronome “quem” em português. No mesmo estilo de “a famosa quem?” a expressão foi apropriada pela comunidade capopeira para demonstrar grupos desconhecidos que fogem dos primeiros escalões mais sólidos do kpop. Com toda a movimentação da fanbase de prestar atenção em grupos menores na tentativa de ajudar a mantê-los ativos neste período economicamente instável do Coronavírus, decidi dar uma cavucada no passado e lembrar de hits nugus que, podem não ter chegado ao mainstream, mas com certeza marcou uns a vida de umas gatas pingadas aí. E claro que o primeiro tinha de ser…

P.O.C.K.E.T G.I.R.L.S!!!

Para todo mundo que acompanha k-pop e a blogosfera há pouco tempo isto deve ser novidade, mas acredito que as Pocket Girls foram o ápice de várias piadas e deboches do falecido ASIANMIXTAPE e todos os blogs que foram surgindo em sequência e dialogando entre si. Yeonji (a.k.a. Pete Burns), Soyoon (a.k.a. Rapper Peituda), JuA (a.k.a. Olhos de Vidro) e SeA (a.k.a. Cota de Integrante Normal) viraram referência para zoar grupos de alto escalão e exaltar a Nugulândia, no melhor deboche possível e ofuscando várias favoritas SEMPRE.

Pocket Girls - Bbang Bbang [Official Music Video] on Make a GIF

Afinal, como não amar? Numa batida de techno datada pra caramba, que mais parece aqueles trance sem letra que um monte de festa hétera toca quando não estão tocando sertanejo, as quatro integrantes soltam altos high notes de ofuscar Taeyeon e Hyolyn, gritinhos mais aegyo que o Apink era e raps graves que qualquer integrante do Stray Kids morreria de dor de garganta se tentasse imitar TUDO NA MESMA MÚSICA sobre humilhar o boy lixo (analogia que as Deusas vão usar em seu próximo comeback)!

O clipe ainda vai além com o conceito (reparem como a batida do primeiro refrão combina perfeitamente com o tapa na cara que o boy recebe), com elas de fato humilhando o cara com sorrisos estampados em seus rostos, pra literalmente, amarrem ele NO LIXO no final! É uma agressividade MUITO BEM VINDA pra qualquer lançamento feminino. E, por incrível que pareça, a sexualização das integrantes não chega nem perto de coisas muito piores que já vimos no k-pop: apenas deram um jeito de entoxar o máximo possível os peitos da Soyoon e da SeA e colocaram uns top + shortinhos que, sinceramente, aparecem até no mais aegyo dos lançamentos.

Anti Kpop-Fangirl: The B Team: Pocket Girls

Esta simplicidade, beirando o amadorismo, é uma das coisas mais divertidas que o k-pop tem a oferecer. Com sua aparência distinta do ciclo eurocêntrico, existem alguns lançamentos que parecem tão vergonha alheia pra nós que geram aquele guilty pleasure monstro (not bad meaning bad but bad meaning good, you know? – as referências saudosistas não param) que a gente nem sabe mais se gostamos efetivamente ou se é só pela zoeira mesmo. Claro que não vou reclamar se tem uma super-produção por trás, mas, as vezes, colocar as integrantes pra dançar sem tanta sincronia assim num galpão abandonado pode deixar um clipe muito mais icônico e memorável do que a perfeição imaculada que costumamos ver por aí. Inclusive, vários movimentos artísticos sofreram revoluções e se eternalizaram na história quando jogam a perfeição pela janela.

Estou dizendo que Pocket Deusas eternalizaram a Nugulândia pra sempre? Talvez…

Jua | Explore Tumblr Posts and Blogs | Tumgir

Bem, dei uma pesquisada de como as deusas permitiram que este lançamento chegassem aos nossos ouvidos e descobri umas maluquices que me surpreenderam:

  1. O produtor da música era conhecido por um HINO AEGYO e o debut delas foi marketado justamente se utilizando este fato (sério, não faz sentido). E, se isto já me deixou empolgado para ver o que mais de trash icônico ele produziu, descobri que o cara em si é um boy lixo horroroso, que foi preso por assédio sexual… o.o’
  2. Elas já se apresentaram pros militares coreanos… NUMA FUCKING IGREJA! Sério, esta é uma representação perfeita de como a “família tradicional” é hipócrita…
  3. Desde o começo a maioria das integrantes são modelos de carros e se promoveram como modelos de carros, então a discografia delas mais pequena que a do BlackPink (o que é uma marca extremamente difícil de se conseguir, até pra nugus) até que faz sentido…
  4. Existe uma página do fanclube oficial do grupo no Brasil no Facebook que tinha o contato direto com o manager das integrantes!!

Como se espera de qualquer nugu de respeito, o line-up já mudou trocentas vezes, com todas (menos Yeonji Pete Burns rainha que já teve um solo e agora já deve ser CEO da empresa) partindo para investidas melhores. Soyoon Peituda protagonizou uma fancam que quase desflopou o grupo mas depois pulou fora. JuA Olhos de Vidro era a mais nova e foi sábia em perceber que isso não daria futuro e saiu em 2016 também, pra voltar a atuar em peças de teatro. E SeA Cota de Integrante Normal ficou apenas icônicos QUATRO MESES no grupo antes de sair pra se casar com um carinha chamado Justin.

Tentei achar mais coisas das quatro pra descobrir o que elas estão fazendo da vida atualmente, mas só encontrei o instagram de Pete Burns com rostos e closes mais inacreditavelmente inumanos que os da Park Bom. Aproveite.

Anti Kpop-Fangirl: The B Team: Pocket Girls

Este momento icônico para a Nugulândia só se repetiria novamente em 2017, com a conceitual e alta classe OPPA É UM LIXO, em que Pete Burns e suas novas peitudas (só estou sentindo uma vibe Namie Amuro/Diana Ross aqui?) conseguem fazer um clipe com menos orçamento ainda conforme apontam com caras de NOJO para latas de lixo. Eu até poderia fazer um post sobre esta belezura, mas o post do Sowon feito na época do lançamento está ativo para todos nós darmos boas risadas e termos um pouco de nostalgia com as referências de 2017.

Atualmente, o grupo em si, segue firme como um trio (a line-up está durando a mais de um ano), onde postam vídeos conceituais deitados (para facilitar a experiência no celular, claro) no Youtube com as integrantes modelando para photoshoots puros e angelicais com thumbs clickbait safadas que parecem de pornô…

Pocket Girls - Bbang Bbang - http://www.taeil-lee.com/

Não curto muito músicas agressivas e este tipo de EDM se não tem MUITO BIASISMO ENVOLVIDO (até por isso que mais da metade da discografia do Stray Kids não funciona comigo apesar de eu gostar deles), mas BBANG BBANG é uma exceção. É tão descontraída e agressiva que vai envelhecendo como vinho conforme o k-pop fica cada vez mais recheado de atos que tentam se levar a sério demais e lacrar em teorias. Este foi o grupo que me fez prestar atenção no melhor que a Nugulândia tem a oferecer e, sinceramente, só de voltar a escutar este hino de novo já fiquei empolgado pra ver como o cenário do décimo escalão está hoje em dia…

E este foi o primeiro post de Navegando na Nugulândia!!! Seguindo toda a estética da Nugulândia, vai ter meio que o esquema de “temporadas” das Albums Reviews, mas sem muita preocupação com a quantidade de posts por temporada (de 5 a 10, talvez??) ou pela periodicidade quinzenal… Quais nugus você acha que seria legal eu dar uma cavucada no Google para falarmos sobre no próximo post e tentarmos descobrir o que raios as integrantes estão fazendo hoje em dia?


PS: Já passou um tempinho que isto explodiu na internet, mas é importante lembrar do que está ocorrendo com os protestos contra violência policial ocorrendo em vários lugares do mundo (inclusive aqui no Brasil). Percebi que é crucial neste momento procuramos nos informar e ajudar como puder (principalmente nos conscientizando sobre racismo). Não estou no meu lugar de fala aqui, mas estou dando o meu melhor para aprender a ser antirracista (é o mínimo do mínimo que posso fazer sobre tudo isso). Se você quiser/puder ajudar, clica aqui e dá uma olhada nos links do Black Lives Matter, compartilhando se possível. Em relação a conscientização, eu vi um vídeo muito bom falando sobre racismo para dar os primeiros passos para ter atitudes antes antirracistas, clica aqui pra dar uma olhada. Muito obrigado por ler o post até aqui!

14 comentários em “BBANG BBANG, Pocket Girls: Melhor que Twice, BlackPink, SNSD e 2NE1… Uma revolução nostálgica no k-pop feminino | Navegando na Nugulândia 1.01

  1. Ah, a nugulândia é um lugar tão cheio de surpresas porém tão bom de se explorar… Eu tinha ESQUECIDO da existência do Pocket Girls até tomar essa porrada aqui no meio da minha fuça. Rainhas de nugutown 💁🏻‍♀️ inclusive isso me deu uma nostalgia INFERNAL que eu lembrei real do asianmixtape falando delas vez ou outra.
    Adorei, quero mais 🤪

    Curtido por 2 pessoas

    1. Que bom que gostou!!! xD Eu confesso que lembrei delas por causa de um post do Lunei e pensei “meu deus, quase tudo de posts que tínhamos das lendas foi apagado!!!” e parti pro Google kkk
      As referências para o próximo post são tantas que nem sei escolher kkk Não sei se é porque eu acompanha mais, mas parece que 2016/2017 tinha muito nugu tentando a sorte kk

      Curtido por 1 pessoa

  2. ADOREI a ideia de exaltar a nugulândia! E a escolha das Pocket Girls pra inaugurarem essa seção foi mais que acertada!

    E é como você bem disse: parte do apelo de vários desses grupos é que a gente nem sabe mais se gosta efetivamente ou se é só pela zoeira mesmo. Pra mim, esse era um dos grandes apelos quando comecei a acompanhar o k-pop, com vários grupos (inclusive alguns grandes) que sabiam não se levar a sério (vide Crayon Pop e até o MAMAMOO nos primeiros singles). Hoje, infelizmente, parece que esse apelo se perdeu, com quase todos os grupos seguindo uma mesma fórmula. É justamente a nugulândia que continua indo contra a maré e entregando conceitos diferentes e inusitados – por isso, ainda bem que ela existe!

    Curtido por 1 pessoa

      1. Eu também acabei escutando muito mais OPPA IS TRASH do que BBANG BBANG, mas ultimamente vou trocando de músicas preferidas entre a extensa discografia delas kkk

        Que bom que gostou!!! Vou dizer que AMAVA aqueles clipes do 2NE1 que elas pareciam mais estar se zoando do que qualquer outra coisa… Acho que atualmente os únicos atos que estão entrando nesta onda eram o Momoland e esse debut do Weeekly, e o MAMAMOO dá dessas de vez em quando

        Inclusive, é incrível como dá pra ver que a Moonbyul e a Solar ADORAM este tipo de coisa, enquanto a Hwasa só queria sair logo dali… kkk

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s