COOL, Weki Meki: Sem saltos, consolida-se o amadurecimento de sua imagem e som

Weki Meki é, de longe, um dos melhores grupos desta última geração (seja ela 4ª geração ou a 3º geração para você), elas são extremamente competentes no que trazem, tem uma consistência sonora e visual ao mesmo tempo que trazem uma variabilidade sonora para todos os seus singles. O problema é que a maioria dos singles delas só são… Esquecíveis. Já estando de volta, com seu terceiro comeback no ano, será que elas conseguiram trazer uma música que não apenas é boa como também lembrável?

Olha, acho que, pela primeira vez a resposta é sim. E nem é só pela música em si.

COOL traz aquela base simples uptempo pop anos 2000 que elas trazem em todos os lançamentos mais sóbrios desde La La La. Só que, numa virada, temos alguns sintetizadores mais industriais no instrumental e no refrão, deixando o último com uma cara mais de EDM pesadão sem letra. Porém, seguindo a estrutura popzinha de seus singles, elas NÃO PARAM DE CANTAR, deixando o caráter mais “pesado” da faixa menos artificial. Isto, de cara, já difere elas de grupos que tem esta pegada mais try-hard tirando a impressão de que elas só estão pegando a onda de BlackPink/ITZY/CLC.

Desta forma, a faixa brinca com nossa expectativa, porque os primeiros versos sugerem algo bem mais hardcore que o que de fato temos. Assim como os harmônicos sugerem algo bem menos agressivo que o instrumental. Esta sensação de estranheza meio inclassificável é PERFEITA pra deixar a faixa mais na nossa memória comparando com o resto dos lançamentos do ano e capaz de só crescer em gosto a cada replay que damos para entender melhor o que tá acontecendo nestes três minutos e meio (GFriend é que o diga).

E esta nem é a melhor e mais efetiva parte deste comeback.

Eu acredito que a Fantagio, assim como fez com o Astro, foi, lentamente, amadurecendo a imagem do Weki Meki, trazendo lançamentos mais sóbrios e maduros junto de coisas mais leves. Isto gera a sensação de que foi tão gradual e diluído que você fica “nossa, é verdade, elas tão amadurecendo!”, assim como foi com o Astro despirocando de vez em All Night.

E para toda evolução feminina, existe uma troca bizarra (e até meio cruel, na minha opinião) na roupa das integrantes, onde elas deixam de lado os sapatos confortáveis e começam a usar salto. Pelo histórico dos lançamentos delas, parecia que isto iria acontecer aqui também, mas, se você parar pra olhar nos pés delas NÃO TEMOS SALTOS.

Olha estas botinhas maravilhosas e super confortáveis. OLHA ESTAS BOTINHAS MARAVILHOSAS E SUPER CONFORTÁVEIS. Eu amo quando isto acontece (seja com tênis ou dançando descalças) e isto aumenta muito o replay factor do lançamento comigo.

Além disto, o grupo está visualmente lindo e impecável. A garota do cabelo verde e a ruiva conseguiram roubar a cena (e olha que temos a Doyeon maravilhosa neste line-up), com todos os visuais e cortes de cena do clipe parecendo mirar num público diferente que o comum para singles mais maduros/sexys: o feminino!

Não sei você, mas as vezes dá muito pra perceber se o objetivo é a female gaze ou a male gaze. Algumas roupas e enfoques de cenas costumam deixar claro se a produção quer atrair garotos ou garotas para se encantar por seus lançamentos e, sem sombra de dúvidas, o objetivo aqui é o público feminino. Elas até estão com roupas curtas, mas isto não é evidenciado em nenhum momento. Os próprios passos mais “sexys” da coreografia não parecem tão objetificadores quanto o de costume (a ausência de saltos ajuda muito nisso). A título de exemplo, um lançamento que também acho que é um pouquinho assim é o Not That Type das gugudan.

Eu sei que pode ser fanfic da minha cabeça, mas pensar isto me fez curtir muito mais o lançamento.

De b-sides, porque elas sempre voltam com EPs, temos uma tracklist bem feitinha, com destaque para Sweet Dreams, uma faixa bruxuleante e mágica, com refrão quebradiço e estranho, que, como o Gui falou, serviria muito bem na trilha sonora do futuro Convenção das Bruxas. Temos também a versão em inglês do single, chamada de 100 FACTS, que, por incrível que pareça, funcionou até que melhor que a coreana, algo que não vem acontecendo neste ano (pelo menos eu venho preferido as versões coreanas kkk).

COOL é, de longe, um dos singles mais impactantes (de forma positiva) de toda a carreira do Weki Meki, seja visualmente ou sonoramente. Focando na female gaze e objetificando menos, elas trazem um dos amadurecimentos de imagem mais orgânicos dos últimos tempos, com o bônus e não terem dores nos pés depois de cada stage.

Sério, eu ainda tô encantado que elas amadureceram sem salto.

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar indicações e comentários aleatórios de k-pop e BLs, com tweets ocasionais de artes e reflexões político filosóficas: @AquarioHipster

2 comentários em “COOL, Weki Meki: Sem saltos, consolida-se o amadurecimento de sua imagem e som

  1. Não é um grupo que faz muito parte do meu radar e os singles que ouvia não colava comigo. Mas essa Cool foi boa demais, pra quem sempre sente saudade de um batidão desse, é bom demais e não para de tocar na minha playlist.
    PS. Fiquei chocada que não vi nenhum da esfera que gosta de girlgroups seja no youtube ou face, divulgar esse single, mas músicas horrorosas a galera panfleta direto.
    PS.2 também gosto dessa onda de abandonar os saltos, tem gente que acha ruim, mas acho de boas e deve ser mais confortável.

    Curtido por 1 pessoa

    1. O batidão já começa deixando a adrelanina lá em cimaaa (ao invés de nos fazer temer por um refrão ruim kkk)
      PS: Triste porque realmente, um monte de música aí ganha divulgação por motivos de biscoito de quem divulga x.x
      PS2: SIIIM, e as coreografias ficam mais livres também, fica nítido se comparar grupos q dançam pra caramba como o GFriend (em Apple, por causa dos saltos, os passos estão bem menos apocalípticos)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s