Daisy, Pentagon: Uma música para o Dawn dando uma pausa na barulheira de sempre

Sem sombra de dúvidas, o Pentagon foi para o Road to Kingdom o que o Lovelyz foi para o Queendom ano passado. O grupo já tá na estrada a um bom tempo, teve UM HIT pra chamar de seu (Shine/Ah-choo) e depois foi caindo no marasmo e no esquecimento. E, com receio da receptividade pós programa, voltaram por último com uma música completamente diferente do que vinha sendo trabalhado por eles até então:

Eu falo que Daisy é uma música pro Dawn por dois motivos: (1) eles tiveram a sorte/azar de promover comebacks na mesma época (imagino como a Cube deve estar aflita de qualquer foto de Hui e Dawn chegar a internet) e (2) a música é sobre superar a partida de alguém, com bastante ranço, negação e selfhatred. É só juntar dois mais dois que minha cabeça de fanfiqueiro já pensou nisto como um grande ode de Hui e Amigos a saída de Dawn do grupo e como isto marcou eles.

Enfim, sobre o comeback, temos uma power ballad bem feita, pra variar, focada bastante em sintetizadores de guitarras e baterias típicos de músicas mais rockish. Eles gritam pra caramba e dão ao sofrimento da letra um caráter bem épico e meio exagero, como este tipo de faixa pede. O refrão é bem clássico neste sentido, com gritos amargurados no refrão e um pós-refrão repetitivo que reforça a tristeza envolvida. Até a ponte em coro e a troca das letras para algo mais esperançoso no último pós-refrão é algo prevísivel de se ver em power ballads.

Na real, não tem absolutamente nada neste lançamento que soe diferente do padrão e do que se espera depois dos primeiros 30 segundos de faixa e, para um grupo que já escorregou tanto como o Pentagon, foi algo bem agradável de se ver. A analogia está bem feitinha, a letra está até um pouco acima para os padrões do k-pop, a performance vocal está ok, o clipe tá meio simplesinho, mas ok e por aí vai…

É fácil ver qualquer grupo apostando em algo mais assim contrastando com um lançamento mais barulhento (principalmente nos vindouros anos de 2012), mas, até onde eu sei, não tem nenhum grupo fazendo isto agora, então acabou destacando do resto.

Acredite ou não, mas eu até fui escutar o mini e achei ele bem palatável (todos os outros que fui escutar depois de Positive – o EP de Shine – achei bem ruim). Se você gostou do clima do single, tem de b-side Beautiful Goodbye e Nostalgia. Se você gostava das barulheiras anteriores deles, tem You Like (não se deixe enganar pelos primeiros 30 segundos). E, pra finalizar, um batidão positivo com Paradise.

We:th - Wikipedia

Eu estou chocado… O grupo que mais trabalhou no automático acabou sendo o Pentagon, e, como só o TOO fez algo redondinho assim (mas mirou na direção oposta), o grupo acabou se destacando e conseguindo superar meu ranço e outros grupos que eu até estava mais inclinado a gostar. A música bateu um pouco com a minha bad vibe e até gostei de Nostalgia e Paradise, então o ranking acabou tendo uma virada inesperada:

 ONE (Lucid Dream), Golden Child

 Count 1,2, TOO

Daisy, Pentagon

 Sukhumvit Swimming, ONF (o refrão grave acabou diminuindo bastante o replay factor da faixa comigo com o passar do tempo)

 To Be or Not To Be, ONEUS

 Thunder, Verivery (talvez se eu não tivesse ficado com ranço do grupo eles estariam mais acima…)

 The Stealer, The Boyz

E com isto está encerrada a espera pelos comebacks pós-Road To Kingdom. Já temos grupo fazendo o segundo comeback depois do programa e todos os envolvidos parecem que se deram bem… Só uma pena que o ONEUS e o The Boyz escorregaram TANTO (vou tentar escutar novamente o single de Stranger Things do Verivery antes de ver o novo comeback deles e conferir se meu ranço tá em dia ou só superei).

Por mim, até que foi bom, porque conheci todas estas boybands e até me apeguei um pouco com elas (mesmo tendo visto apenas o primeiro episódio do programa e as apresentações das fases subsequentes). Eu venho tentando diminuir minha preguiça com atos masculinos neste ano e o contexto do programa me ajudou bastante a dar chance pra grupo que eu provavelmente nem iria escutar se dependesse só de mim.

PS: Você também achou o cabelo do Hui IGUALZINHO ao cabelo atual da Yves?

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar indicações e comentários aleatórios de k-pop e BLs, com tweets ocasionais de artes e reflexões político filosóficas: @AquarioHipster

2 comentários em “Daisy, Pentagon: Uma música para o Dawn dando uma pausa na barulheira de sempre

  1. Ainda preciso me acostumar com Daisy, achei boa, mas me decepcionei um pouco, não sei se pelo fator distinto, ou se pelo fator eu não curtir tanto esse estilo (Amém que o Wooseok não engoliu metade das linhas de raps e não forçou tendo a voz)

    E sobre o do Verivery, é boa pelo sentido farofão, mas parece um descarte do NCT

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s