Lagoa da Nugulândia: Secret Number, Berrygood, Girlkind e Dahye

Hoje começou com muitas good vibes com o lançamento de, claramente, um dos melhores álbuns despretensiosos do ano. Eu quero muito fazer uma review dele (e de outros álbuns coreanos e não coreanos deste ano também), mas ainda tenho que absorver um pouco do disco DISCO antes (badum tss). Claro que já tive notícias meio meh logo no começo do dia pra testar meu humor, então, lembrando do tsunami (as referências com água não param kkk) de resenhas que fiz pro último Fundo do Mar, pensei em já compilar umas indicações que recebi pelo twitter de nugas que lançaram coisa esta semana (e que não me dão preguiça de já escutar, que nem o lançamento ridiculamente hetoronormativo do AB6IX e o que quer que o Monsta X trouxe) pra não acumular tanto no final do mês… Vamos lá?

Got That Boom, Secret Number

Se nós brasileiros temos Leia e o Black Swan, os indonésios tem Dita e o Secret Number, que, apesar de povoar a Nugulândia na Coreia, virou mania na Indonésia (e marcando história, porque, até onde eu vi, o k-pop sempre teve um pouco de dificuldade de se infiltrar culturalmente no país).

Usando e abusando de manias da 2ª geração, tanto sonoramente quanto visualmente, Got That Boom parece uma música do KARA num clipe de uma Big 3 cheio de leds “futuristas” (se você ignorar que os outfits não são quinquilharias estilosas de brechó nem papel alumínio, e, claro, o break de trap na ponte, que é bem reflexo da modinha atual). Dito isto, não chega a impactar como um novo nome no cenário, considerando a quantidade de debuts que tivemos e que vamos ter ainda neste ano, seja positivamente ou negativamente, mas o refrão tá tão chiclete que talvez a música cresça comigo.

ACCIO, Berrygood

Segunda música com referência a Harry Potter este ano, muito se rasga seda sobre o Berrygood, mas eu não conheço praticamente nada delas. A única coisa que lembro é que uma delas hitou no entretenimento coreano sabe-se lá como. Espero que ela consiga elevar os escalões do grupo, porque, pelo Wikipédia, elas tão nessa desde 2014/2015 (sim, tem integrante desta época ainda no line-up).

Dito isto, os segundos iniciais da música prometem um funky safadíssimo e bem na linha dos melhores lançamentos retrô deste ano. Porém, quando o som bafado emulando rádio sai, a música ganha umas quinhentas colheres de açúcar e fica bem lugar comum para aqueles dance-pop aegyo cheio de sintetizadores alegrinhos e muitos melismas a la Eunji no último refrão (parece muito uma música antiga do Apink, minha deusa…). O clipe, pelo menos, é esteticamente agradável e foca em all stars de diversas cores que talvez um dia eu tenha (no momento só tenho um amarelo que nem o Andrew do Sailor Moon… Lembra-se dele?)

Psycho4U, Girlkind

Existem algumas decisões criativas na Nugulândia que me espantam. Chamar um single de “Psycho” dada a popularidade da música do Red Velvet este ano é um tiro no pé. Da mesma forma, apostar numa música introspectiva como esta para single sem nem ao menos gravar duas b-sides para ajudar na ambientação foi uma tristeza.

Psycho4U é um número atmosférico e meio gótico de R&B que tenta a mesma coisa que a Ceifadora Sinistra Hwasa e suas Billies e Mandies fizeram esta semana, só que MUITO MELHOR E COM SENTIDO. O break na ponte quebra a progressão da música, mas combina com o tema e não soa tão bagunçado como o das Momoos.

O único problema é que a música fica na mesma por muito tempo pra marcar na minha cabeça. Se fosse a intro de um álbum (mesmo que de três músicas) funcionara muito melhor, mas, como prato principal, só soa meio sem graça…

Entretanto, o clipe está BELÍSSIMO, a dança interpretativa tá muito foda e a integrante de cabelo loiro curto tem mais estilo de todas nós juntas…

Bad Blood, Dahye

Dahye está com fogo nos olhos, isto é claro. Depois de conseguir uma demo da Uhm Jung Hwa, ela vem renascendo o tipo de opera orquestral pop que eu não lembro de ver um ato feminino lançando desde Paradise Lost (no refrão a voz até parece a da GaIn). Isto deixa o lançamento com uma carga dramática tão diferente do que estamos acostumados nestes meses que se destaca com facilidade. Por enquanto, a música não caiu nas minhas graças, porque este tipo de música tem muito a ver com mood do momento.

De toda forma, vou deixá-la salvada pra escutar quando estiver bem pra baixo ou me sentido meio gótico, porque estes vocais suspirados e a ponte/encerramento com foque nos violinos me lembra muito o que entendo visualmente como narrativas góticas. E isto foi bem expressado pelo clipe, apesar do orçamento pequeno.

V Official] GIRLKIND_ (GIRLKIND_ _ ) "Psycho 4U" Image Teaser .. | WoW!Korea

Eu sei que existe todo um amor pela Nugulândia e por seguir grupos fora do fluxo mainstream, mas, pegando estes quatro lançamentos, dá pra entender o porquê estes atos estão na Nugulândia (talvez a Dahye fique mais impactante se conseguir continuar com uma consistência sonora e visual). Nem chegam a ser lançamentos ruins, mas não tem aquele impacto que um single deveria trazer, falta um pouco de pulso e ousadia, principalmente no quesito sonoro, porque todos os clipes aqui foram muito bem feitos. E, apesar de muita gente esquecer, o principal do gênero musical k-pop é a música… Né?

5 comentários em “Lagoa da Nugulândia: Secret Number, Berrygood, Girlkind e Dahye

  1. Caraca 3 mulher que eu vejo que é a cara essa menina de franja com mexa verde ,a hyemi do black Swan e a menina do elris
    O mais engraçado que até as posições delas no grupo é parecido com a da Yves ……..tudo irmã

    Curtido por 1 pessoa

  2. A Bad blood é uma música muito boa. Queria ouvir a Sunmi com músicas nessa vibe, a voz dela é muito bonita. A Dahye tem uma voz linda😊

    Lembro que no debut do Secret Number teve até um hype legal. Agora o comeback saiu e eu nem sabia…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Na voz da Sunmi acho que iria ficar ótimoo!! Mas acredito que combina mais com a vibe dela antes de sair da JYP (todo o tema de vampiros e meio gótico de Full Moon e 24H cabe bem aqui).

      E o Secret Number… Comigo foi a mesma coisa kkk Só lembrei do comeback porque começaram a postar na Blogosfera kkk

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s