Especial Chung Ha: Ficando em dia com todos os singles que estarão em Querencia

A Chung Ha foi uma solista que, sem ter muito motivo, acabou escapando do meu radar (seja com o blog ativo ou inativo), não sei muito bem o porquê, mas a única coisa que eu ouvi dela no ano passado e comentei aqui foi o hino latino de Play… De toda forma, com uma bíblia a la Christina Aguilera (vamos lembrar que o Bionic teve VINTE E QUATRO MÚSICAS em sua versão completa?) para seu primeiro full album (acho que é a primeira vez que vemos algo tão megalomaníaco assim no k-pop), decidi ficar em dia com tudo que já foi lançado como single/pre-release antes do álbum finalmente ser lançado na semana que vem… Partiu?

Stay Tonight

Stay Tonight soa como algo vindo de outra era. Foi lançado antes do isolamento, antes da COVID e, ainda assim, foi em 2020. A faixa possui claras inspirações em ballroom noventista, seja com o house bem datado no pré-refrão, o dancehall no refrão, o voguing no clipe… Os gritos e os elementos mais datados conseguem eclipsar a batidinha genérica de dancehall 2016 muito bem, mas ela ainda é presente o suficiente na faixa para ela soar mais atual do que sua referência. A faixa junta diversos elementos potentes que veríamos em artistas diferentes neste mesmo contexto e entrega aquele tipo de música que é IMPOSSÍVEL escutar uma única vez.

De fato, agora que estou escutando com calma, esta faixa poderia figuram tranquilamente entre os melhores de 2020 no TOP 50…

Na real, o que eu achei mais incrível nisto aqui é a maturidade com a qual ela entrega um tipo de faixa totalmente deslocado para o tempo dela de indústria (eu esperaria algo assim de alguém muito mais experiente, como a Uhm Jung Hwa ou até mesmo a Sunmi, mas NUNCA alguém da geração atual). Ela canta e performa Stay Tonight como se tivesse VIVIDO a época dos clubes noventistas, trazendo uma seriedade surpreende no pacote completo.

Dream of You

Dream of You foi lançada no final do ano passado e, de acordo com quase todo mundo da Blogosfera, salvou a vida das gays. De fato, existe um direcionamento bem forte neste lado de Querencia (tanto esta quanto Stay Tonight fazem parte do lado B, Savage) apelando exatamente para o fã de diva pop poderosona. A faixa é uma versão mais redondinha da inspiração house noventista de Stay Tonight, sendo, em sua essência, uma b-side bem feita o suficiente para ter atenção, mesmo se não virasse single. Particularmente, por ser mais genérica e repetitiva, ela gruda mais na cabeça que Stay Tonight (principalmente os versos falados rapidinho no pré-refrão), criando um bom contraste entre previsível e surpreendente na tracklist do lado B.

E colocar carinhas não-heteronormativos pra dançar no clipe é sempre uma boa pedida (ainda brincando com os estereótipos colocando todo mundo de terno no final).

O lado B do álbum, considerando estas duas faixas, parece que vai ser simplesmente viciante (ou repetitivo?).

X

O lado C, Unknown, conta com Play como seu principal expoente, provavelmente focando no lado latino que ela vem explorando há um tempo. Como já mencionei a Chung Ha latina (que até conseguiu aparecer no TOP 50 de 2020), vamos para o lado D, Pleasures, que parece ser o lado mais sentimental e empático do álbum.

Este clipe já me lembrou NA HORA, de um dos meus clipes PREFERIDOS DA HATSUNE MIKU, com a Chung Ha dando uma de Godzilla melancólico ao dançar interpretativamente e derrubar uns prédios no meio do caminho. A faixa fala sobre ganhar autoconfiança após alguma decepção (pode ser amorosa, mas no k-pop sempre usam amor pra disfarçar algo mais profundo, então…), sendo meio genérica tanto em melodia quanto em letra. Não chegou a me impactar muito, sinceramente, apesar da ponte com uns sintetizadores estranhos ter chamado a minha atenção.

Everybody Has

Everybody Has é mais uma faixa do lado D que já foi lançada, mas considerando o tanto de single a Chung Ha teve ano passado, boa parte das pessoas deve ter esquecido que isto existia. Também, nem tem porque lembrar, pois é praticamente uma baladinha de dorama sem um dorama. Aparentemente, a letra é sobre confortar alguém na bad vibe, maasss o clipe não tem legendas em inglês pra eu conferir enquanto assisto pela primeira e única vez e a faixa consegue deixar todos os elementos de seu instrumental blasé demais pela interpretação super comum que a Chung Ha dá pros versos… Mas coreano gosta deste tipo de música, né? Fazer o que?

Resultado de imagem para chung ha querencia

E estes foram os singles que faltava eu dar uma olhada antes do lançamento de Querencia dia 15. Apesar de apreciar a investida e achar incrível como a Chung Ha e a empresa dela conseguiram transformar os sucessivos problemas de lançamento do álbum em oportunidade pra aumentar ainda mais o hype (ela pegou até COVID nesse meio tempo gente… Olha o azar), não acho que o álbum vai ser bom não.

Um dos grandes problemas de álbuns gigantes é a quantidade ENORME de fillers ou músicas básicas DEMAIS no meio da tracklist, que, inclusive, podem tirar o impacto das músicas boas (inclusive, pra mim, o Bionic da Christina podia ser um EP de cinco a seis músicas que ia estar ÓTIMO). E com o single principal parecendo algo industrial genérico bem na onda girl crush barulhento, a possibilidade de todo o lado A ser algo descartável fica bem real. Sobra então, o lado B noventista e o lado C latino, o qual existe um perigo IMENSO de termos faixas parecidas DEMAIS em sequência, e, por fim, o lado D emocional que pode trazer alguma baladinha impactante aí (ou só se manter inexpressivo).

Mas porém entretanto contudo todavia, eu estou curioso demais pra ver esta solista tão jovem já bancando um lançamento que nem solistas com mais de DEZ ANOS DE CARREIRA (olá HyunA/Sunmi/GaIn e por aí vai…) tiveram a coragem de fazer. Quero muito estar errado e termos Querencia como O ÁLBUM DEFINITIVO DE 2021… Vamos ver semana que vem…

3 comentários em “Especial Chung Ha: Ficando em dia com todos os singles que estarão em Querencia

  1. Justamente, a ChungHa tem essa maturidade, parece que tá no ramo solo há anos. Fiquei de cara por saber que ela é uma ex-IOI.
    Dream of you é um hino delicioso, a vontade de dançar é automática (a coreografia é maravilhosa, não tem como ser mais chungha que isso kkkk), não sei como não enjoei ainda! Maior e melhor hino dela em 2020.
    Os visuais de stay tonight são tudo! As vezes revejo o clip só pra prestigiar a performance.

    Curtido por 1 pessoa

    1. É surpreendente mesmo lembrar dela lá no IOI… o.o O carisma que ela esbanja sozinha é IMENSO kkk Acho que tanto Stay Tonight e Dream of You vão crescer bastante comigo este ano (meio atrasado né, mas tudo bem kkk)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s