Fundo do Mar (25/04): Twice, DAY6, NU’EST, Seventeen, Super Junior e uns nugus

Mesmo numa semana tão parada como essa, temos um Fundo do Mar (porque a blogueira aqui acabou se atrapalhando e só comentou do Apink). Mas sem problemas, porque o post de hoje não fica vazio (e eu consegui terminar a review de We Best Love!!! Yay xD Tô muito contente com isto, sério kk), vamos dar uma olhada nos nomes mais hypados que tentaram preencher esta semana vazia?

You Make Me, DAY6

Começando com o mais hypado de todos (pelo menos, pra mim), DAY6 tinha MUITA EXPECTATIVA para seu comeback. Era o fim da série Book of Us (que já acumula três anos de lançamentos) e o primeiro single com a banda inteira depois do smash hit, aqui no Aquário, de Zombie, que, além de ser A MELHOR MÚSICA DE 2020 e conversar comigo em níveis inimagináveis, figurou em uns quatro posts diferentes no decorrer do ano.

Tentei baixar um pouco a bola com os teasers prometendo algo mais romântico, mas não rolou, ainda me decepcionei. You Make Me é uma power ballad meio desconstruída, que pega um pouco de synthwave e rock progressivo (eu acho, me corrija nos comentários se eu estiver errado porque não manjo muito de rock x.x’) na tentativa de fazer uma faixa que soe catártica e esperançosa ao mesmo tempo. No primeiro refrão até que funciona, mas no segundo já soa um pouco desconexo demais…

Não é que a faixa é ruim (como uma power ballad ela é bem interessante de se ouvir), mas foge tanto da ideia que o DAY6 estava construindo em seus últimos comebacks… Depois da entropia do ser em Sweet Chaos e da autopercepção em Zombie, uma faixa cheia de romance previsível soa rasa demais, por mais que o instrumental tente se inovar. E, em comparação aos singles anteriores, ela soa mais como uma album track interessante do que um single propriamente dito.

E se o SINGLE soa como uma album track, imagina o quão memoráveis estão as albums tracks de fato? Que erro DAY6, que erro… Tantos teasers conceituais pra uma aposta tão… safe… Uma pena (queria tanto que eles fossem tão impactantes quanto nos dois últimos comebacks… que ódio!)

INSIDE OUT, NU’EST

Eu tentei ser fã do NU’EST mais de uma vez. Depois que eles foram do lixo ao luxo durante a segunda temporada do Produce 101, eu tentei gostar do lançamento seguinte deles (sempre tô disposto a stannear uns underdogs… Não é a toa que já me considerado FEARLESS, fandom das Brave Girls), mas não rolou. Agora, depois de anos, eu estava com zero expectativas, até que o Wendell fez uma ótima propaganda e eu resolvi dar uma chance não só pro single como também pro álbum.

INSIDE OUT é aquele número meio sexy e sombrio de ballroom noventista que não vai trazer nada de novo para sua playlist, mas a música é tão bem feitinha que não tem como ignorar a vontade de querer escutar de novo e de novo. O refrão mais contido, com os passinhos do pé e da mão ficam gravados na sua memória, sendo uma ótima liga para a textura dançante e cheia de elementos dos versos, que vão do mais grave ao mais agudo em vocais levemente sensuais.

O clipe, neste contexto, consegue extrair o melhor da música, com todos LINDOS (principalmente o de cabelo azul), mas sem cair na estética sexy do Taemin/Wonho/WOODZ/Hoshi. Ao invés disso, eles foram pra uma onda mais simbólica, usando o título da música (que não aparece na letra 💖) como pretexto para mostrar várias representações do “de dentro pra fora” e “de fora pra dentro”, seja no mármore do qual brota a escultura, da caçapa no qual entra a bola de bilhar e por aí vai…

E, pra fechar com chave de ouro, o álbum também está gostosíssimo de ouvir, na mesma vibe de “músicas simples mas muito bem executadas”. Um dos grandes candidatos a ganhar Album Review aqui no blog no mês que vem xD

É incrível como este comeback foi super fechadinho e bem feito (ainda mais sendo um full album), dando a sorte de sair numa semana sem muitos nomes maiores que eles para eclipsá-los. Muito bom mesmo.

Scared, P1Harmony

O Loona masculino da FNC voltou e, mesmo eu tendo dito que tinha curtido o debut e ficado interessado no universo ficcional que estavam construindo, NUNCA mais ouvi aquela faixa kkk O bom é que a música agora é ruim mesmo, então vou ignorar sem culpa. É o bate lata pseudoconceitual de sempre, ficando um som até desagradável de ouvir na segunda leva de versos… Até teria pena, mas é a FNC, então eles precisam começar a ter grupos que eu não goste pra eu criticar a empresa sem fazer tantas ressalvas kkkk

Hitorijanai, Seventeen

Antes de irmos para o lançamento japonês do Twice, vamos parar no lançamento japonês do Seventeen (até porque o Hoshi conseguiu lançar um negócio bem legal há umas semanas). Hitorijanai é um eletropop açucarado (bem j-pop mesmo) que tem uma cara motivicional em relação a quarentena e ao distanciamento social. Soa agradável, mas mesmo se fosse de um ato que eu gosto (sei lá, acho, dos poucos atos japoneses que conheço, o Perfume seria o mais próximo de lançar algo assim) eu ia acabar ignorando, porque tá muito genérico e inespecífico.

Faz tempo que o Seventeen não impacta, né? As vezes, o sucesso faz mal pras boybands…

Kura Kura, Twice

Até que demorou pro Twice lançar música nova dessa vez e eu tentei escutar sem ouvir o comentário de ninguém (até porque iam de falar que era hino até esquecível). Eu acho incrível como o Japão AMA esses números dançantes com saxofones/trompetes no fundo, porque quase todo grupo que quer acontecer lá tem uma dessas na tracklist e Kura Kura já deve ser o terceiro ou quarto nesse formato pro Twice. É estranho porque o refrão não combina com os versos, que não parecem decidir se continuam a sonoridade mais madura de I CAN’T STOP ME. Uma hora estamos em suspiros sóbrios e DO NADA a Nayeon tá lá gritando com o sorrisão de Mônica como em qualquer lançamento aegyo…

Sinceramente, dos singles japoneses, melhor ficar em Breakthrough e Fake & True mesmo…

Phantom Pain, Yesung

Ai, nada como algum integrante do Super Junior ter comeback para melhorar o humor, né? Damos umas criticadas sem fundamentos e pronto, já nos sentimentos um pouco melhor =D

Phantom Pain é melhor do que os solistas do SuJu costumam oferecer (ou seja, não dá sono), mas tem gente melhor fazendo o mesmo tipo de faixa chill, então pra que dar stream pro Super Junior?

Missing U, IZ

Por ser uma semana mais tranquila de lançamentos, eu decidi me desafiar. Procurei nos vídeos recentes do 1thek algum lançamento bem nugu que provavelmente nunca descobriria sozinho (que não está no calendário da Kpop Database, que uso como fonte pra não me perder nos comebacks kkk) e peguei o melhor para comentar aqui. Em uma pesquisada rápida, IZ é uma banda de empresa pequena que debutou em 2017 com liberdade criativa digna do k-indie do Spotify. O cenário do k-rock é algo que eu definitivamente tenho vontade de ir conhecendo mais, porque conseguem trazer um apelo visual do k-pop mainstream e manter uma diversidade boa entre os vários tipos de rock que as bandas tentam.

Missing U pode parecer só mais uma baladinha genérica em seus primeiros segundos, mas aí entra aquela guitarra sofrida que te faz lembrar dos tempos em que os e-boys/girls eram os emos e o caráter “transgressor” do pop mínimo pertencia ao punk pop/rock. É um baladão de pop punk bem feito, com refrão grudento e explosivo em um ótimo trabalho para evidenciar todos os instrumentos presentes na faixa. Muito melhor que qualquer faixa que o DAY6 ofereceu em seu comeback neste ano, mesmo sendo bem mais simples e direta.

E o outro single deles deste ano, Say Yes, segue uma vibe parecida (só esperem a guitarra entrar EXPLODINDO lá pros 50s antes de julgar) e é bem gostosa de ouvir também.

NU'EST Drops Choreography Sneak Peek In Music Video Teaser #2 For "INSIDE  OUT"

Eu fiquei MUITO decepcionado com o Day6. Não que precisasse ser uma nova Zombie, mas achei uma queda de qualidade e impacto brutal se comparado com todos os lançamentos deles desde 2018. É como se eu estivesse de volta a época do EveryDay6, tivesse vindo I Wait e depois… só várias baladinhas mais genéricas que acabaram marcando o projeto.

Das outras, IZ foi uma descoberta legal pra suprir o vácuo que o DAY6 deixou no rock depois desse comeback e NU’EST foi a zebra e entregou um álbum super gostosinho de ouvir, além de um single e clipe bem legais e marcantes em meio as boybands. Além de termos oppas mais velhos acertando (!!!), não existem muitos álbuns masculinos realmente marcantes este ano pra mim (acho que só o do ShiNee e, um pouco, o do ONF), então legal ver um mais álbum legal entrar na lista (que ainda por cima é full album).

Eu achei que não ia curtir uma semana mais vazia como essa, mas a verdade é que eu ADOREI! Foi muito bom ter poucos lançamentos para ouvir e realmente dar um pouco mais de atenção pra cada um (eu até descobri uma banda nova e comecei a curtir NU’EST, quem diria?), por mim todas as semanas seriam um pouco mais neste ritmo, sem ficar briga de mata-mata com vários atos relevantes lançando coisa nova no mesmo dia… (Felizmente, pra mim, parece que semana que vem vai ser mais tranquila também)

IZ are 'Missing U' in sentimental comeback photos | allkpop

PS: Yukika fans, a Album Review que prometi no começo do mês vai ao ar até o dia 30!!! Como atrasei o post de We Best Love, acabou acontecendo um efeito dominó e o post dela vai atrasar também @.@’

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar surtos e comentários aleatórios de k-pop e BLs, com tweets ocasionais de artes e reflexões político filosóficas: @AquarioHipster

6 comentários em “Fundo do Mar (25/04): Twice, DAY6, NU’EST, Seventeen, Super Junior e uns nugus

  1. Ai fiquei meio decepcionado com o album do DAY6 também e olha que eu engoli muita musica do DAY6 viu kkkkk, mas esse album novo foi bem fraquinho mesmo, uma pena, pois eles demoraram tanto pra voltar todos juntos. Eu nem tinha ouvido o comeback do Nu’est, pois tenho um pouco de preguiça deles, mas já que você falo tão bem eu vou ouvir agora pra quebrar o tedio kkkkk
    Isso que você fez com a banda IZ de ir no 1thek eu fazia muito quando tava querendo musica nova de grupo desconhecidos, eu deveria voltar a fazer isso mais vezes.
    Achei essa musica aqui super divertida do NADA dai to mostrando pro povo kkkk

    Curtido por 1 pessoa

    1. Saudosos, IN2IT!!! Lembro que até escrevi aqui no blog sobre essa música HÁ TEMPOS (mas não achei o post, devo ter apagado kkk), me lembrou quando T-ARA sendo toscovilhoso quando ouvi pela primeira vez (ela é muito divertida mesmo kkk

      Sobre o DAY6, SIIIIM!!! E um deles vai pro exército, com talvez o grupo disbandando quando bater os sete anos (duvido que o Jae continue na JYP)… Então tipo, é capaz de esse ser o último comeback deles e foi esse negócio inofensivo T-T

      O do NU’EST é legal xD Espero que goste ^^

      Curtir

  2. Gostava do Ren, o de cabelo azul quando ele tinha cara de mulher. Essas plásticas não fizeram bem.

    Ano que vem o NU’EST faz 10 anos de carreira. Sem um único membro tendo ido para o exército

    Curtido por 1 pessoa

    1. Nossa vou pesquisar cmo era pq agr fiquei curioso kkk

      Gente, verdade!! Devem ter debutado super novos x.x Deviam aproveitat e fazer rodizio pra ir um de cada vez e manter os comebacks (q nem fizeram com NU’EST W quando um lá ganhou no Produce…)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s