0X1=LOVESONG (I Know I Love You), TXT: O pop punk chegou ao k-pop!!

Além da Joy, outro ato bem forte prometia trazer música nova no último dia de maio, e eles eram ninguém menos que o TXT, uma das primeiras boybands que comecei a gostar (sério, não tô zoando kk). Só que eu fiquei totalmente longe dos teasers, então eu não sabia o que esperar disto daqui (fiquei com ÓDIO, porque não continuaram minisode, que tinha um fucking “1” no nome, o que pressupõe um “2”, e foi o melhor álbum deles), além de claro, quererem me convencer que isso é mais um full album (o que não é):

Irritações e ranços a parte, I Know I Love You é um pop punk catártico com influências de country-pop. É como se juntassem os lançamentos do The Volunteers da semana passada com Lovesick Girls do BlackPink. E, como pode se esperar dessa junção, o negócio ficou MUITO BOM!

Meu maior receio com estes lançamentos mais sóbrios do TXT é que tentem forçar algo muito maduro em cima deles, que quebre um pouco a boiolagem entrega menos masculinizada do grupo em suas músicas e os faça parecer como qualquer outra boyband por aí… Por sorte, neste lançamento, eles soam mais jovenzinhos que nunca, emulando o pop punk que fez muitos adolescentes e pré-adolescentes cantarem a plenos pulmões em seus quartos no começo dos anos 2000. Alguém tinha falado nos comentários do post da Mafia do ITZY que este gênero poderia ser algo ótimo a se explorar no k-pop e TXT prova aqui que é mesmo.

A faixa promove uma interpretação mais crua dos integrantes (apesar de sabermos que é tudo milimetricamente planejado), com eles se jogando no chão, segurando microfones, gesticulando bastante e por aí vai. A voz deles vai de melancólica a rasgada conforme os versos vão ganhando velocidade e mais elementos até explodirem no refrão com o violãozinho e a voz da Seori no fundo (legal creditaram a gata, mesmo ela tendo feito apenas backing vocals kkkk). E não soa forçado. Eles parecem MESMO com jovens roqueiros emocionais não só em visuais (e que visuais hein Todos tão LINDOS nesses looks emos… Novamente, dá vontade de vestir mais da metade das roupas que eles usaram aqui), mas em entrega também, e é isto que deixa o lançamento tão surpreendente (ainda mais sendo da HYBE).

O clipe volta a uma paleta mais sóbria e entrega menos confusão que os últimos deles (tirando um pouco as teorias do primeiro plano). É curioso, porque é uma premissa parecida com a da Joy (uma viagem de autoconhecimento depois de decepções na vivência moderna e urbana), mas vai pra um caminho totalmente diferente, resultando na catarse dos sentimentos mais sombrios (e não na descoberta de uma positividade). É como se os cinco fossem adolescentes perdidos em meio a um filme pseudo-cult…

Apesar de esta impressão ser semelhante ao caráter narrativo do último comeback deles, o conceito ainda não cansou, então o que funcionou antes com o verão, funciona agora com o inverno.

Quanto ao álbum (que não, não é full… Pra ser full é, PELO MENOS, mais de 30min… E FREEZE tem 26min), eu achei que ficaria mais impactado. Eu só escutei uma vez enquanto começava a pintura da semana e não foi muita coisa que ficou na minha memória (talvez o hype estivesse muito alto depois da Joy me surpreender?). Não tem o caráter narrativo de minisode, mas também não é uma bagunça “experimental” como foi todos os outros sem contar o debut. Uma das album tracks eu vou acabar gostando de todo modo (e bem capaz de ter Album Review dele), só vou ir escutando mais algumas vezes antes de ter uma opinião consolidada.

(Só achei engraçado que tem uma faixa, Ice Cream, que tem EXATAMENTE as mesmas palavras do refrão de Ice Crem Cake do Red Velvet (“I scream, you scream, ice cream”) e o pré-refrão parece o refrão de Good In Bed da Dua Lipa).

DISCOGRAPHY | TOMORROW X TOGETHER | Big Hit Entertainment

0X1=LOVESONG (I Know I Love You) é um lançamento surpreendente do TXT, não apenas por se diferenciar de tudo que o grupo já se propôs, como também por ser um pop punk vindo do primeiro escalão. O grupo está brincando com a dualidade de lançamentos red (Crown, Blue Hour) e velvet (Run Away, Can’t You See Me? e, agora, I Know I Love You), conseguindo, de fato, testar várias sonoridades no meio do caminho (como a HYBE vem prometendo pra eles) sem sacrificar um mínimo de direcionamento e coesão entre um single e outro no processo. Na minha opinião, este foi, de longe, o melhor e mais criativo single deles, então dá até um pouco menos de raiva de não terem continuado minisode…

(… mas ainda tenho a esperança de trazerem o minisode 2 no segundo semestre kkkk).

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar comentários aleatórios de k-pop e BLs, minha “stream” textual jogando Pokémon e tweets ocasionais de artes: @aquariohipster

6 comentários em “0X1=LOVESONG (I Know I Love You), TXT: O pop punk chegou ao k-pop!!

  1. Uma coisa que sempre me impediu de gostar da musica dos meninos eram os efeitos que colocavam nas vozes deles! Quando estou escutando um grupo eu gosto de notar as diferença nas vozes dos integrantes, seja o timbre ou a potencia vocal, mas com TXT as vozes eram tudo igual! Pq por algum motivo eles achavam que ficaria melhor assim, então poucas musicas eu gostava, mas nessa daqui os vocais deles esta uma delicia, principalmente quando eles gritam bem estilo emos sofridos, quem diria que teríamos uma segunda feira tão boa ? Ultimamente o KPOP esta entregando umas musicas muito boas, isso tudo é medo de Rollin 2.0 tombar eles ?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu nunca percebi esse rolê nos vocais deles, acredita? (vi várias pessoas falarem disso hoje kk) Mas concordo que aqui eles tão cantando com muito mais personalidade mesmo…

      Acho que Rollin deu um fogo no olhar pra todo mundo não ficar eclipsado pelas ex-nugus da nação (menos pro Oh My Girl, né? Triste, mas como lembrar do álbum delas depois de tudo que maio entregou? kk)

      Curtir

  2. Eu não acompanho em nada TXT. Eu só tinha a impressão que a HYBE forçava a barra em associar a imagem deles ao BTS (vide eles no MAMA 2020 apresentando Dynamite sendo que o BTS ia apresentar depois????) e isso me deixava bem irritada pq mesmo não acompanhando o grupo eu via que o rolê deles ia pra outro lado

    Fui assistir o MV e cara, que SURPRESA BOA. Os y2k estão voltando, fico triste pela moda (cintura baixa vc não terá vez cmg), mas musicalmente estou muito feliz. Eu já tava com essa impressão desde Lovesick girls do blackpink que foi uma bola fora da curva com toda a onda disco retrô. Agora, pelos EUA, tivemos os lançamentos da Olivia Rodrigo e da Willow (não escutei o álbum dela ainda, mas o single ta uma delicia)

    Fiquei bem curiosa em escutar a discografia do TXT agora. Pq sendo sincera apenas vi o debut, umas apresentações do MAMA e notas de notícias aleatórias/eu puta com algumas pessoas do army tratando eles como uma extensão do BTS 🤡

    essa música uma surpresa muito agradável, to apaixonada. vou escutar o álbum assim que possível e conhecer melhor eles 🖤💕

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s