Fundo do Mar (12/06): NCT, WEi, KARD, Ha Sung Woon, Highlight, TXT e mais…

Curiosamente estou adiantado nessa semana e tá fazendo um frio ENORME aqui onde eu moro e eu fiquei um pouco decepcionado com minha pintura da semana (mesmo tendo gostado do resultado assim que acabei). Tudo isto junto me deixou meio pra baixo na sexta-feira e trouxe um momento de reflexão curioso. Muita coisa do que eu escrevo no blog é meio “correndo” (não sei porque), ainda mais coisas como o Fundo do Mar (que eu geralmente escrevo tudo “numa sentada só”)…

Mas, sei lá, acho que eu preciso me acalmar um pouco em fazer as coisas (seja aqui, na faculdade, nos meus desenhos ou, sei lá, ler um livro kk) e pensei em tentar escrever o Fundo do Mar aos poucos pra testar isto. Um exemplo: sabe quando eu falo que “nossa, legal, vou até escutar o álbum”? Ao invés de falar isso e já partir pra próxima, eu vou sentar, escutar o álbum enquanto tô fazendo alguma tarefa doméstica/desenhando e só aí ver outro lançamento da lista… Acho que minhas produções de arte tão saindo melhores e mais prazerosas quando vou numa vibe mais calma, então porque não tentar aplicar ao Aquário?

Então aqui estamos, com treze músicas em que tentei analisar, seguindo neste clima mais tranquilo e de boas… E, olha, já digo que esta semana me surpreendeu!

Save, NCT127 X Amoeba Culture

Eu só descobri essa pelo post do Wendell e eu não acredito que o NCT conseguiu entregar algo bom sem ressalvas a esta altura do campeonato. Save lembra um pouco a ótima Superhuman (que só conheci essa semana 😱), mas numa pegada mais lugar comum do house e do dancehall, misturando um pouco com os batidões EDM lá do começo dos 2010s. É uma das poucas faixas do ano que tem um drop que faz sentido e consegue manter o caráter “futurista” que já tentaram ligar ao NCT 127 (e é o que mais funcionou com eles).

Eternal, 4MEN

Fiquei curioso porque 4MEN parece muito um grupo de gays performativos dançando vogue… Mas, na verdade são três carinhas cantando balada sem graça (olha a loucura, né, o nome do grupo é “quatro homens” mas só tem três… É os Três Mosqueteiros ao contrário??)

Sneakers, Ha Sung Woon

Um ex-Wanna One que tá chamando um pouco de atenção com seu último comeback é este Ha Sung Woon, seja pelo single muito bem produzido (visual e sonoramente) ou por album tracks que emulam o synthpop oitentista que muita gente gosta (eu incluso). Sneakers ganha pontos comigo por trazer este caráter meio retrô de power ballads antigas, cheias de exageros dramáticos em seu instrumental, além de trazer uma mensagem legal de autodescoberta em meio a tênis LINDOS e um cabelo rosa maravilhoso que eu tentaria ter se não fosse a quarentena.

Uma pena que o EP segue a onda de lo-fi e chill ao invés de manter o caráter mais explosivo do single e de On & On. Mesmo assim, ainda vale por estas duas faixas e pelas fotos lindas que devem enfeitar o photobook do álbum físico.

Radio (Will Sing Our Song), from20

Um ex-idol da época que a Brave Entertaiment era mais nuga que as Pocket Girls descoloriu o cabelo, descolou um pseudônimo conceitual e debutou solo este ano, já sendo este seu primeiro comeback. Apesar de parecer que vai ser o suprassumo da balada chata, Radio é uma daquelas faixas SUPER bem produzidas, com diversas camadas e texturas enquanto os vocais cantam a baladinha que a gente esperava. Com inspirações fortes em dreampop, a faixa me lembra muito a excelência de Cloud, do Primary com a ChoA, uma das faixas mais gostosas de ouvir do ano passado (apesar de eu ter esquecido ela no TOP50 de 2020 😶).

O carinha não é só bonito e estiloso (eu tenho um fraco pra cabelos coloridos, não tem jeito kk), como também lança música boa. O debut dele emulando rock do comecinho dos anos 90 também é maravilhoso, assim como as b-sides dos dois singles. Eu achei muito legal que ele trouxe esta questão de single com a-side e b-side pro contexto do k-pop (ainda mais tendo versão física de cada single com faixas bônus de comentários sobre a produção dos mesmos). A capa de Radio, inclusive, até lembra algumas das ótimas fotos de HELLO, o EP da Joy, o que é um tremendo de elogio (um nugu servindo visuais como uma gatinha da rica SM, mano!!!):

TFC - Twitter Search

Com isto, ele assume o papel deixado pelo Boyhood na minha cota de “menino indie bonitinho que lança pseudocult retrô” (até porque o Boyhood só ficou em Retro Love de icônico mesmo… ‘-‘)

D.D., OuiOui

OuiOui é uma dupla de gatinhas pseudoindie especialista em músicas que usam carinhas de meninas de mangá como videoclipe. A faixa até que tem seu charme como um R&B classudão e uma letra que parece profunda (por elas gritarem “digital detox” no refrão), mas este conceito de só ter um desenho de mangá na capa do “clipe” foi meio decepcionante… A faixa começa a dar a impressão que é um daqueles lo-fi sem graça e impessoal que povoa o youtube e usa da mesma estética, mesmo não tendo nada a ver com isso. Parece que falta personalidade, não sei…

Só vou salvar se o “digital detox” ficar na minha cabeça, se não vai pro vale do esquecimento mesmo…

Lock Down, EPEX

E o acontecimento mais questionável do k-pop esses dias foi o debut desses carinhas utilizando saúde mental como conceito… Achei esquisito como, no caso deles, a crítica foi solta e quando era o BTS fazendo isso todo mundo aclamava e chamava de “artistah”. Não é que não pode falar sobre saúde mental, mas o contexto que isto traz é tão massificado e insensível que fica mais do que nítido a estratégia de ganhar dinheiro em cima disso (se bobear os próprios carinhas sofrem pra caramba na empresa). Este tipo de lançamento é mais próprio dos pseudoindies por um motivo: ele precisa de um mínimo de sinceridade e autonomia artística pra conseguir falar de saúde mental de forma que realmente crie conexões e gere uma discussão saudável.

Eu tenho minha cota de atos mainstream que já falaram sobre ansiedade com o Stray Kids em Side Effects (e eu não só achei de boas, como virou minha música preferida do grupo), mas, mesmo no meio da JYP, o negócio teve um mínimo de liberdade criativa, o que gerou, por consequência, uma sensibilidade muito maior na hora de transformar isso num lançamento marketável.

Sem contar que Lock Down é ruim, né? Refrão nada a ver, letra sem muita lógica, ponte sem ligação com o resto… É o boyband 101 de hoje em dia sob um filtro mais problematizável.

Yoon DuJun (Highlight) & GREE

Depois da polêmica envolvendo o Junhyung e o caso do Seungri (que AINDA NÃO FOI PRESO!!!), os outros integrantes do Highlight se jogaram em solos e, agora em 2021, depois que eles mostraram que “Não era o fim”, os solos estão voltando.

Bad Spring é a contribuição do Dujun, com um single de capa LINDA em vibes de pop acústico calminho. Não faz muito por mim, mas é agradável. Se fosse um ato que eu conhecesse mais, provavelmente garantia uns replays

Trip, Nudeboi Seo

Outro single de capa linda que só temos o aúdio. Nudeboi Seo é da cota K-Hip Hop que sempre dá as caras toda semana aqui no Fundo do Mar. Porém, diferente do esperado para o cenário, Trip tem um instrumental interessante e diferente do padrão de trap, trazendo um pouco de house, synthpop e surf rock num tom melancólico. Não é impactante, mas funciona melhor musicalmente que a grande maioria do K-Hip Hop masculino e isto por si só já é um feito.

Bye Bye Bye, WEi

Referenciando a boyband do Justin Timberlake e entregando um pop-rock digno do Maroon 5, Bye Bye Bye encerra a trilogia de debut do WEi, que começou com dois signos ruins e genéricos entre 2020 e 2021. Os acertos da faixa se tão por seu caráter despretencioso, seu clipe colorido e como a influência da guitarra permeia a faixa sem necessariamente querer soar como algo roqueiro. O refrão com vários wowowo enquanto a guitarra vai fazendo sua mágica no fundo deixa faz o negócio cair como uma luva em seus ouvidos, assim como a estrutura mais tradicional, sem grandes invenciones além do já clássico break de rap na segunda rodada de versos.

É só uma pena que esta é a ÚNICA música do grupo que vale a pena escutar… Vamos ver se eles vão seguir com este direcionamento nos próximos singles.

Happy Birthday, Woo Jin Young (D1CE)

E um carinha do D1CE teve seu momento Somi lançando uma música tão ruim quanto Birthday. Só não entendi a lógica de misturar biscoito estiloso com mensagem de aniversário… Mas, né, até a Pabllo fez, então deve funcionar pra algumas pessoas.

Broken Me, BM (K.A.R.D)

Com os escandalos de bullying prometendo também esfarelar o KARD (por envolver a Somin) e o outro carinha indo pro exército, a única coisa que dava pra DSP fazer mesmo é apostar nos dois integrantes que dá… Broken Me é o solo do BM (olha que legal as iniciais dele e da música combinando), como tema de um filme aí. Ele traz algo mais pessoal e sensível sobre ansiedade, que, em mensagem, funciona, apesar da música e do clipe não funcionarem comigo.

Ser trilha de um filme dá um desconto pro clipe ter umas cenas que não se ligam com o tema (“ai, tô quebrado por dentro, olha esse carro aqui”), mas pra um DEBUT soa meio fraquinha visualmente (ele biscoitou, pelo menos?). A power ballad eletrônica é bem vinda, mas o timbre dele já não me agradava muito no KARD, sozinho então…

Stay with Me, Hoya

Ai Hoya, que preguiça… Saiu do Infinite pra ter uma carreira solo, lançou um EP decente em 2018 e SUMIU do cenário musical pra voltar com balada no piano TRÊS ANOS DEPOIS… -.-‘

Magic, TXT

Eu não sei se conseguirei fazer a Album Review do TXT, mas já deixarei anotado aqui que Magic é, facilmente, a melhor album track dele. Foi muito feliz escolherem ela pra ser o segundo single. O instrumental funky tem toda a carinha de Sweetune pro Infinite e pro Boyfriend, sendo evidenciado pela coreografia animada e pelo clipe de ficção científica referenciando 2001:Odisseia no Espaço e Star Wars (tá virando um tema comum este ano, né?).

Eu sei que este clipe é direcionado pra promover eles no ocidente, mas achei tão ESTRANHO a mudança total de estética de I Know I Love You pra isto… Nem parece coisa do mesmo álbum.

Review] Bye Bye Bye – WEi – KPOPREVIEWED

E assim encerramos os lançamentos da semana (os que faltaram fica pra semana que vem). Esta proposta de escrever com mais calma ajudou bastante (foi bem mais tranquilo pra analisar cada música, checar os álbuns e tudo mais), mas talvez tenha sido aplicada muito em cima da hora 😅 Na semana que vem vou conseguir ir fazendo um pouquinho por dia.

Eu não acredito no quão legais foram os lançamentos dessa semana. Teve EDM dançante com o EXO, bossa-nova com o Twice, roquezinho com N.Flying, pop-rock com o WEi, baladão oitentista com from20… Daqui do post, se salvam a do WEi, toda a pequena discografia do from20, Sneakers e On & On do Ha Sungwoon, e a parceria genérica do NCT 127 com a empresa da HATFELT (Amoeba Culture). Estou começando a perceber uma variedade maior de estilos nos lançamentos desde que o verão coreano começou pro k-pop e isto me deixa bem empolgado com o que o resto do mês ainda vai trazer nesse pique xD

P.S.: Eu fiquei muito na dúvida sobre que imagem colocar pra ilustrar o post… Se pegada uma meio blasé do NCT/TXT (por serem mais famosos) ou ia nos menos conhecidos mas que as fotos chamavam mais atenção… Nesse rolê, fala aí nos comentários se faz alguma diferença pra você ^^

from20 (@from20_official) | Twitter

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar comentários aleatórios de k-pop e BLs, junto de tweets ocasionais de artes: @aquariohipster

7 comentários em “Fundo do Mar (12/06): NCT, WEi, KARD, Ha Sung Woon, Highlight, TXT e mais…

  1. A mais memorável da lista pra mim foi esse Wei, a musiquinha me da uma sensação nostálgica de grupos mais antigo mas não sei qual…tipo uma sensação de deja vu.
    Só reclamo que em alguns momentos poderiam tirar algumas linhas, acho que se fosse um grupo de gravadora media ou grande eles poderiam ter consertado isso. E sim, achei bem diversificado os lançamentos, cada um que ouvi soou diferentes e não parecido uns com os outros, boa! Espero que se entenda até o final do ano, porque ano passado eram poucos grupos que mostrava algo diferente.

    Curtido por 1 pessoa

  2. NCT 127 – amo uma sobra de Jovem Pan Greatest Hits
    TXT – outros que ouviram os CDs da Jovem Pan
    4MEN – alguém mais quer mimir?
    Ha Sung Woon – música e MV gostosinhos (já quero TODOS os sneakers desse MV no meu guarda-roupa). E aqui, aconteceu a mesma coisa com a Yuqi: dei mais uma chance pra On & On, e não é que ela também é gostosinha? Se não rolar MV pra essa, que pelo menos ele promova nos Domingões do Faustão da vida
    from20 – outra delicinha. E amo que esse MV quebrou um recorde, nunca mais a Coreia vai ver tanto beijo, muito mais química que os casais meia-boca dos doramas. Os “popos” que não se vê nas telenovelas de lá foram todos usados aqui
    OuiOui – acho que essa música seria melhor se tivesse sido gravada em Inglês
    EPEX – apenas ruim
    BM – achei a faixa legal, as transições de estilo nela faz com que o instrumental vire alguma demo do Linkin Park. Pena que o MV não casou muito com a proposta dela, porém amo um peitão
    Hoya – tava melhor no Infinite, mesmo (não falo nada sobre a carreira dele como ator pq não vi nada dele)
    Yoon DuJun (Highlight) & GREE – alguém mais quer mimir?²
    Nudeboi Seo – mesmo com o frio, pude sentir o clima praiano da faixa. Deu um banho nos traps lixosos from the USA
    WEi – outro release bem legal desse mês, e amei os cenários do MV
    Woo Jin Young (D1CE) – a única track de k-pop que presta envolvendo aniversário é essa:

    (alguma drag queen precisa performar isso daqui)

    Curtido por 1 pessoa

    1. Sneakers são muito minha fraqueza nessa coisa de fast shop… A única coisa de roupa que eu não pensava quinhentas mil vezes antes de comprar kkk E os tênis desse clipe 💖

      Nem tinha parado pra pensar na questão dos beijos no clipe do from20 kk Ser meio nugu tem as vantagens disso, né? Realmente, tem bem mais química que os doramas (mas, se vc ver os doramas mais antigos – tipo, 2007/2009 – tem bem mais beijo e parece BEM mais natural kkk)

      GENTE, que faixa GOSTOSA essa da Lucy!!! Olha esse refrão, manoooo!!! ADOREI 💖 (ia ficar perfeito se uma drag performasse mesmo kk)

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s