Chi Mat Ba Ram, Brave Girls: A beleza de uma nostalgia moderna

Depois do hit quase que involuntário de Rollin’, o hit voluntário de We Ride e muitos, mas MUITOS, CFs, as garotas mais valentes da Coreia estão de volta em seu primeiro comeback oficial depois do sucesso. Praticamente TODOS os atos femininos adiantaram seus lançamentos de verão pra não competir com elas, então imagina o hype que a Blogosfera, os coreanos e até as empresas de k-pop estavam em cima do que ia vir?

Eu estava com expectativas mistas depois da música de CF toda estranha que elas lançaram há uns dois meses, mas, depois de um teaser, já sabia que viria algo bem fresh direto dos lançamentos sazonais de 2011-2014, com direito a integrantes dançando descalças na praia e um pop facilmente digerível e divertido.

Chi Mat Ba Ram (que, apesar de parecer mais uma onomatopeia, em coreano, “치맛바람”, significa algo como “o vento está tão fresco”), funciona de forma parecida que a música do UP10TION dessa semana, só que quinhentas mil vezes mais forte pelas referências delas serem melhores.

O número de referências que a faixa possui as modinhas de girlgroups da última década é espantosa e super coesa. Temos os saxofones do EXID na intro, as latinidades do Mamamoo em palavras em espanhol no pré-refrão, o tropical house de 2016 (e de Rollin’), o refrão que progride com gritos cada vez mais potentes da Hyolyn SISTAR, a base de eletropop do T-ARA no pós-refrão… São quinhentas referências sutis e nostálgicas que tornam o single algo extremamente impactante pra quem acompanhou/gosta de girlgroups da segunda geração. E isto é feito de uma forma que soa natural e involuntária, como se a homenagem do Brave Sound ao próprio histórico de produções para o AOA, SISTAR e 4Minute fosse feito como um agradecimento a todos que se apaixonaram por Rollin’ e tiraram a empresa da quase falência.

Mesmo assim, a faixa passa longe de ser datada ou sair “direto de 2014”. A construção é muito mais variada em elementos que esta época e tem muito mais transições e mudanças de tempo do que se esperaria de um single de verão do SISTAR, por exemplo. E isto é algo bem atual para o k-pop (seja nas faixas aclamadas aqui pelo blog ou nas totalmente inaudíveis que merecem o esquecimento kkk).

A letra é bem bonitinha, e até mais profunda que a gente espera, com analogias de romance como uma brisa fresca de verão. Já o clipe, procura deixar bem visual a vitória que elas tiveram, com vários cenários, planos abertos e dançarinas, evidenciando a abundância de recurso que a marca Brave Girls passa a ser associada agora. Pessoalmente, eu acho que a parte das dançarinas ficaram demais (é muita gente e mal dá pra ver elas no meio) e fiquei meio contrariado com alguns figurinos, mas é só ver o sorriso genuíno de qualquer uma delas que já esqueço de tudo e tô curtindo a brisa do verão (só na imaginação, né? Aqui onde eu moro tá um FRIO!!!).

O álbum está uma delicinha também e tem tudo pra ser um dos melhores do verão coreano de 2021. Eu demoro um pouco pra digerir os álbuns (por isto não chego a falar muito deles nos posts de singles e nem eleger uma album track preferida), mas acho que vou acabar curtindo bastante este com o passar das semanas (ele só podia abusar um pouco da reciclagem pra ficar maior, né? Poderiam ter, pelo menos colocado We Ride ao invés da versão em inglês do single).

BRAVE GIRLS - 5TH MINI ALBUM [SUMMER QUEEN] – COKODIVE

Chi Mat Ba Ram é mais ou menos o que todo mundo torcia para que as Brave Girls lançassem e o resultado conseguiu corporificar muito bem o fenômeno nostálgico e moderno que está sendo o hit delas. Fico muito feliz da faixa soar, acima de tudo, uma faixa de 2021 (e não uma regravação de k-pop da segunda geração), porque, ao invés de ficar achando que “os tempos antigos eram melhores” a gente pode torcer para o que achávamos legal no k-pop de 2007-2015 evoluir para algo que dialogue conosco da mesma forma que a 2ª geração dialogava com a gente na época…

P.S.: Eu dei um AZAR e justo hoje tá sendo um dia bem cheio de coisa, então tive muito menos tempo pra terminar o post e a reflexão do jeito que eu queria… T^T Ai paciência…

Grupo Brave Girls faz comeback com mini-álbum 'Summer Queen'; assista ao  MV! - Quem | K-Pop

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar comentários aleatórios de k-pop e BLs, junto de tweets ocasionais de artes: @aquariohipster

6 comentários em “Chi Mat Ba Ram, Brave Girls: A beleza de uma nostalgia moderna

  1. As Garotas Corajosas tão tendo um ano e tanto. Num 2021 em que os atos femininos de k-pop deram uma enfraquecida, essa fênix precisou sair das cinzas pra mostrar como se faz um bubblegum pop DE QUALIDADE.

    E que saudade do Brave Saint Tropez na intro!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu amei demais esse single a dança tudo! Cresce a cada ouvida.
    Vi algumas pessoas falando mal do mv e das roupas das meninas e etc_ alguns de coreanos e daqui_ mas o povo tem que entender que a empresa não tinha tanto orçamento poxa! We Ride foi simples e criativo, só de ver as locações diferentes, as dançarinas deu pra ver a mudada que deu! _ a parte das dançarinas me incomodou um pouco também, as meninas tem carisma de sobra pra carregarem sozinhas, na minha opinião_
    Brave Girls tinha as minhas duas músicas favoritas do kpop, trazer algo bom e leve desses é algo bom demais! Gostei também do mini, adorei Pool Party e Fever ❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. O mini tá no meu repeat de tão redondinho que é xD Tanto que poderia ser mais longo, né? kk (sorte que elas já falaram que vão lançar repack no outono)

      Também acho que elas tem carisma o suficiente… O que acho que precisam treinar um pouco é presença de palco nos stages (até porque ser nugu não ajuda a treinar muito isso né…), mas, sinceramente, daqui uns dois ou três comebacks tenho certeza que elas estarão muito craques nisso xD

      Curtir

  3. esse hit delas é uma das melhores coisas que presenciei durante esses meus 8 aninhos de capoper, aquele video da yuna comendo miojo numa live no instagram, super depressiva, dizendo que não teria mais comebacks do grupo e no outro dia “rollin” começa a viralizar… puts, um momento lendário sem dúvidas.
    quanto a música em si, adorei!! super animada e alto astral, o que se espera de um lançamento típico de verão! vou usar esse álbum gostosinho como uma válvula de escape do desespero que eu tô em relação a faculdade 💞💞💞 e amo que as 4 princesas da disney estão indo super bem nos charts coreanos! tanto em vendas do álbum, quanto o single em si!! espero que o sucesso delas só aumente e dure anos!!! 💛💛💛
    (aaa conheci aquele e-chan do dbk por causa delas e achei ele muito fofo ughhhh e agr tô apaixonado, obg por tudo brave girls)

    Curtido por 1 pessoa

    1. Olha que comentário fofo!!!

      Muita força pra ti na faculdade 💖✨ Vai dar tudo certo no final ^^

      Esta coisa de lançamentos de verão ajudarem a levar com inseguranças e tudo mais é muito verdade!!! Eu uso muito álbuns super animadões e super bad vibes pra lidar com essas coisas e, ultimamente, parecia que tava faltando um álbum mais alegre sendo lançado por girlgroups no k-pop…

      E o hit foi lendário demais, nem lembrava desse vídeo da Yuna, mas, parando pra pensar, é insano né? Numa hora tá tudo perdido e na outra você é a coisa mais quente da Coreia!!! Acho que dá esperança pra gente também, sabe? È uma positividade legal :3

      (menino, os carinhas do DBK são bem fofos e lindinhos mesmo, tanto que tô torcendo pro Brave Sound dar música boa pra eles agora pra poder ver os clipes sem ser no mudo kkk)

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s