Paint The Town, LOONA: Cada novo single vira o pior single do grupo

Anteriormente em A Saga do Loonaverso… Depois da destruição do universo por Olivia, Kim Lip tenta voltar no temp- HA!HA!HA! Se ao menos ainda houvesse clima pra continuar com a fanfic…

Durante este último mês houve uma grande comoção no twitter a cada nova foto teaser que saía do retorno do LOONA, depois de oito meses no porão, prometendo a volta da HaSeul depois de uma eternidade afastada e uma presença mais forte das fanfics e das referências ao Loonaverso… Agora que o hype foi criado pros orbits, o que será que podemos esperar de Paint The Town?

Podemos esperar um arco-íris de tinta tóxica da Suvenil pintado pela Xuxa (já que é o dia do orgulho LGBTQIA+).

Musicalmente, o grande problema de Paint The Town é o refrão. E o pior é que não é nem o refrão completo (pré-refrão + refrão + pós-refrão), mas só a partezinha do meio, que cai num drop eletrônico super genérico e estraga todo o crescendo cheio de gritos (a volta da HaSeul realmente fez diferença), apagando o brilho dos elementos bollywoodianos nos versos. A faixa se esforça para trazer algo diferente do mar de lançamentos capopeiros, mas seu refrão poderia vir de qualquer nugu imitando o ITZY/BlackPink (até nas roupas pretas e cenário emulando fogo).

Foi um tiro no pé enorme que deixou esquecível a parte MAIS IMPORTANTE da música. É muito triste perceber isto, porque, comparando com os lançamentos pós-participação do Lee Soo Man entre si (So What, Why Not e Paint The Town), realmente parece existir um esforço para que sejam músicas e clipes que causem um grande impacto (seja você amando ou odiando). Isto foi algo em que o LOONA nunca errou (só em love4evah mesmo) e eu não imaginava que elas iriam justamente cometer este erro de principiante a esta altura do campeonato, ainda mais sendo este o comeback que marca o retorno da HaSeul.

É a primeira vez que uma música do LOONA soa tão esquecível…

O clipe, por outro lado, dá uma arrumada nas referências ao loonaverso (seja pela falta de orçamento ou não), com todas atuando no cenário de Eclipse da Kim Lip (que é um dos lançamentos mais famosos da época de pré-debut). A ideia de cada integrante ter sua composição no mesmo cenário ficou bem simbólica (a Olivia de rainha dos Lobos e a Chuu de fadinha foi estonteante) e acerta, em partes, ao manter a fanfic viva. POR OUTRO LADO, todo o resto soa meio recortado e bagunçado, sem uma ideia unificadora que direcione o olhar fanfiqueiro para algo que poderia ser considerado “canônico” da estorinha que tão querendo contar.

Pode até forçar a barra de interpretar que a Kim Lip conseguiu voltar no tempo e a Olivia tá putíssima atrás dela junto da Yves, com a HaSeul renascendo no meio do caminho e a solução encontrada para que a esperança não acabe fosse substituir o despertar do Círculo Bizarro do Olho da Kim Lip pelo da JinSoul no passado (o que é bem simbólico, porque nos bastidores, a JinSoul QUASE conseguiu debutar com Eclipse, mas perdeu nas classificações pra Kim Lip). Mas isto soa muita forçação de barra comparado ao quão explícita e organizada era a estória nos tempos do Jaden.

E não é que o que estão tentando entregar aqui visualmente não esteja bom, mas que falta um certo direcionamento claro pra não deixar as coisas confusas e forçadas: ou mergulha de vez na ideia da fanfic e volta com os clipes mais narrativos que performativos, ou mergulha de vez na estética do girlcrush capopeiro 101 e foca nas performances com cara de putaça e roupas pretas. Aqui, estão tentando agradar os dois públicos, o que resulta no que gosto de chamar de “efeito Lojas Americanas”: a loja que vende de tudo, e, justamente por isto, ninguém vai comprar nada em específico lá.

Era melhor elas renunciarem de vez a narrativa como fizeram em So What do que entregar este meio-termo. Por mais que várias cenas sejam impactantes (todos os Círculos Bizarros do Olho brilhando, por exemplo), é um impacto vazio, que entrega muito pouco comparado ao que os orbits foram acostumados a receber do grupo. Sem contar que é bem irritante o protagonismo da Heejin no negócio sendo que se deram ao trabalho de debutar TODAS as integrantes antes do negócio começar (a única cena em que a ViVi aparece tem um filtro meio esfumaçado… Vê se pode?!).

Mesmo assim, eu ainda fui com uma certa expectativa para as b-sides, já que ano passado tivemos Voice (que conseguiu pegar 9º nas melhores do ano)… Pra quê, né? Ao invés de “compensar” o caráter mais mainstream do single com b-sides mais arriscadas e próximas da sonoridade em quinhentas sutilezas eletrônicas, o EP traz uma sequência de faixas que poderiam vir de qualquer girlgroup de k-pop. WOW e Be Honest estariam tranquilamente em qualquer álbum de verão desse ano, por mais que sejam divertidas. Dance On My Own poderia estar no álbum de qualquer genérica norte-americana. A Different Night é a baladinha padrão coreana. E U R até tenta flertar com algo diferente, num R&B classudo e bem produzido, mas depois de tanta coisa genérica na tracklist, ela fica igualmente esquecível…

LOONA marca retorno de Haseul em comeback com mini-álbum '[&]' - Quem |  K-Pop

Eu sempre ficando achando que o LOONA errou feito em seu lançamento, até vir o próximo e errar MAIS AINDA. Os poucos acertos que a era de Why Not trouxe foram totalmente esquecidos aqui e o lançamento perdeu, quase em sua totalidade, qualquer caráter que realmente diferenciava o LOONA dos demais girlgroups. Agora. isto parece mais discurso de orbit do que algo perceptível. Me entristecesse muito me ver cada vez mais de saco cheio de um grupo que gostava tanto há não muito tempo atrás… WOW e Be Honest se salvam na minha playlist mais pelo carinho que tenho pelo projeto do que por qualquer outra coisa, mas tenho quase certeza que não vai dar nem uma semana e nem estarei mais escutando algo deste lançamento mais…

LOONA Publi 🏛 SORTEIO NO FIX's tweet - "'PTT (Paint The Town)' debutou em  #20 no top 200 do Genie Real-time e se tornou o maior pico do LOONA no  Chart! #LOONA #

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar surtos e comentários aleatórios de k-pop e BLs, com tweets ocasionais de artes e reflexões político filosóficas: @AquarioHipster

5 comentários em “Paint The Town, LOONA: Cada novo single vira o pior single do grupo

  1. Eu fui muito inocente durante os teaser, mas poxa eles foram logo em Eclipse não tinha como não ficar pelo menos curioso! Eu amo eclipse dai né criei aquele tiquinho de esperanças e BAM elas esmagaram sem dó nem piedade! Eu costumo reclamar bastante das musicas, MAS pelo menos para mim os MV’s ainda tentavam trazer alguma coisinha de teoria, mas nesse agora não teve praticamente NADA só elas fazendo close de bonitas mesmo… Ai e pensar que a musica do NCT MANO DO NCT foi melhor do que a delas…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Não achei a música do NCT tudo isso não, mas a decepção da delas foi bem maior T^T

      Eu tinha criado um certo hype por causa de Eclipse, mas pra quê, né? Dá até medo do que vão fazer com as referências aos pré-debuts depois disso…

      Curtir

  2. Você disse tudo e um pouco mais!
    Tanto em relação a música e ao clipe, teve gente que amou as referências, mas achei tão bagunçado e sem liga com as outras_ cadê a Vivi e Gowon aí? Apareceram igual o comercial da Jequeti , sei lá como se escreve no meio das novelas do SBT_
    Na metade da música eu nem lembrava mais do começo e tava louca pra fechar a aba.
    Loona é um dos grupos que torço pela empresa ter sido muito criativa, a historinha delas era fantástica, com cores e animais representativos. Tem integrantes muito bonitas e charmosas, e vocais bons também. Mas não sei…so estou pelos minis, adorei Be Honest de paixão e não paro de ouvir desde que lançou, as outras também estão boas pra ouvir. Mas sobre title é preocupante…eu botava maior fé por conta da batidinha indiana e pensar que enfim entregariam ao menos um girlcrush totalmente roubado de Bollywood.
    Mas enfim, gostinho decepcionante.
    PS. Também ando incomodada com esse brilho todo em cima da Heejin, sempre foi assim desde o começo ou só vim reparar agora?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Vivi e GoWon igual a comercial da Jequiti kkkkkkkk Adorei

      Verdade! Eu tinha até esquecido dos animais representativos @.@’ Dessa vez nem o álbum foi pra mim, é isso, tô desapegando total ToT

      P.S.: Dizem que este foco vem desde o debut do grupo completo, mas eu percebi mais a partir de So What

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s