Permission to Dance, BTS: O lançamento perfeito para armys de treze anos!

BTS vem vindo numa série de promoções confusas, que está seguindo muito mais o modelo americano que o modelo coreano de lançamentos. Assim, depois de encher o mercado com vários remixes aleatórios de Butter, temos mais um single ainda sem nenhum álbum em vista:

Eu já ouvi Permission to Dance várias vezes lançada por vários outros cantores americanos, principalmente como tema de animações que tem algum nomezinho hypado envolvido. Seja a música da Meghan Trainor pro filme do Snoopy ou a música do Justin Timberlake pro Trolls, o mercado e nossos ouvidos já está costumado com este tipo de proposta: um número levemente funky que fala alegremente sobre a felicidade de dançar.

Isto faz com que a faixa seja fraca (como boa parte do catálogo do BTS desde Dynamite) e, pior, faz com que o grupo esteja tão preocupado em agradar o público americano que vai sacrificando qualquer individualidade que eles tinham enquanto marca. Eu me sinto fora do público alvo disto daqui por uns dez anos e isto é um pouco estranho, considerando que mesmo as adolescentes mais novas que seguem o grupo com o hit em 2015 já seriam pessoas com mais de 18 anos.

É exatamente o que vem acontecendo com o Oh My Girl desde o hit pós-Queendom e, se eu pelo menos tenho um pouco de empatia com elas e consigo gostar e lembrar das músicas inofensivas pelo menos durante a semana de lançamento, com o BTS isto não acontece e eu acabo esquecendo e achando meio sofrível…

O que é uma pena! Eu sei que a blogosfera vive pra dar umas criticadas no BTS (tem seu lado divertido, não vou negar), mas, depois que uma leitora deixou um comentário na Album Review que eu fiz da mixtape do J-Hope láaaa em 2018 na semana passada, eu percebi o quanto os lançamentos deles começaram a ficar cada vez menos sofisticados e simplistas (eu, particularmente, acho Persona um ótimo álbum e vários dos solos entre 2018 e 2019 mostram uma verdadeira evolução artística deles). Então fica aquele gosto ainda mais amargo de os “representantes do k-pop” estarem é representando nada e só copiando os maneirismos americanos.

É triste, porque ATÉ AS BARULHEIRAS do BlackPink no ano passado tinham um pouco mais de personalidade e efetividade que isto aí (e olha que tirando Lovesick Girls o resto era meio bomba…).

Permission to Dance - song by BTS | Spotify
Siiim, eles ainda tão reciclando Butter no lançamento deste single…

Permission to Dance deixa claro que o BTS tá num período excessivamente mercadológico que vai agradar só as fãs mais hardcore, ouvintes casuais ou o pessoal mais jovenzinho mesmo (jovem, tipo, treze anos). A coisa ficou tão inofensiva que nem dá mais gosto de criticar porque o negócio só tá genérico e derivativo demais pra um ato que, teoricamente, leva o k-pop para além das fronteiras coreanas. Não é a toa que nesses últimos lançamentos sempre aparecem armys ou ex-armys decepcionadas com o direcionamento atual do grupo…

P.S.: Acabei de ver que a música foi escrita pelo Ed Sheeran… Não é a toa que tá tão genérica e esquecível… -.-‘

Muito jeans! BTS lança clipe de “Permission to Dance” - POPline

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar comentários aleatórios de k-pop e BLs, e tweets ocasionais de artes: @AquarioHipster

19 comentários em “Permission to Dance, BTS: O lançamento perfeito para armys de treze anos!

  1. “P.S.: Acabei de ver que a música foi escrita pelo Ed Sheeran… Não é a toa que tá tão genérica e esquecível… -.-‘”

    Meu deus, o armamento meteórico em uma única faixa…

    Curtido por 1 pessoa

  2. Entendo que fazer a mesma coisa por 8 anos é enjoativo, mas essas músicas mais recentes me fazem pensar que tô ouvindo algum pop americano, e não é por esse motivo que escuto kpop. É como você disse, é meio estranho o grupo que expandiu o kpop globalmente trazer algo tão genérico e sem identidade própria, logo o bts que tem músicas no catálogo que gritam kpop…
    Coloquem esse povo pra trabalhar gente! Eles são hypados o suficiente pra lançar qualquer coisa e fazer sucesso, não são musicas produzidas por eles mesmos que vão fazer o grupo flopar do dia pra noite.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Guilty pleasure: já gostei do BTS e entrei pro kpop por causa deles -q
    Mas não ouço nada deles há muuuuito tempo, só escuto por curiosidade mesmo, mas essa aí nem me deu curiosidade de ouvir. Eu gostava mais quando eles eram hip-hop, até hoje gosto de Boy In Luv (a sem a Halsey)…

    Um adendo: eles não tinham que ir para o exército não? Não acho justo isentarem eles e os outros não (tipo os meus favs kkkk)

    Curtido por 1 pessoa

    1. Aparentemente eles conseguiram adiar a ida deles por alguma decisão judicial aí na Coreia… Não sei muito porque não vou atrás sobre mesmo… Mas parece que tão querendo usar a brecha de “personalidades artísticas/de esporte representantes da Coreia” se aplicar a eles… Eu acho que, de certa forma, isto faz sentido e seria legal que acontecesse (ainda mais virando precedente pra vários outros idols no futuro).

      MAAAAS, se o exército coreano quer ficar popular com os novinhos (já que o país tem um cunho militarista até hoje porque, teoricamente, a Guerra das Coreias nunca acabou), tinham de fazer que nem os EUA fizeram com o Elvis nos anos 50 e botar todos pra servir…

      Curtir

  4. Primeiramente, gostaria de dizer q me senti mto honrada em ser mencionada neste blog perfeito!
    E em segundo lugar, eles realmente se venderam pra indústria americana. É uma pena, espero q ainda lancem algum ato q valha a pena ser hypado! Gosto mto deles, e tbm gosto de qndo produzem suas próprias músicas escrevendo sobre coisas mais pessoais, atualmente eles só fazem isso em músicas próprias aleatórias q soltam por aí.
    Finalizando,cadê os meus MVs de altíssimo orçamento!?!?!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu que agradeço pelo seu comentário :3!!

      Acho que a vibe mais pessoal ia combinar mais com eles… Nenhum grupo coreano aguenta tanto tempo assim no molde plastificado de idol, se tivessem uns projetos solos com mais liberdade criativa (algo de verdade, e não o rolê polêmico lá do August D), talvez estes lançamentos fossem mais “engolíveis”, que nem Holiday do Girls Generation, quando a Taeyeon, a Tiffany e a Seolhyun já tinham laçado coisas mais maduras solo

      Curtir

  5. Eu não compro essa ideia de que eles estão “se vendendo pro mercado estadunidense”, vários grupos de kpop já fizeram lançamentos em inglês e todos eles tinham em mente os charts americanos, é só isso que o BTS tá fazendo com os singles em inglês (se são bons ou não não está em discussão aqui). Os outros lançamentos deles continuam sendo kpop, cantados em coreano e sendo promovidos como kpop. Tantos os fãs quanto os haters do grupo tentam vender essa ideia de que eles saíram do gênero de alguma forma, mas não, tão bem ali no pop coreano mesmo e só divulgado em outros mercados as vezes, do mesmo jeito que divulgam no Japão (com menos investimento, claro). Eu tenho simpatia pelo grupo mas achei essa música bem High School Musical, não ruim ou muito boa, só cinza. O grupo tá passando uma vibe muito gente boa atualmente e duvido que vão (nem acho que querem, tão bem tranquilos) mudar pra algo mais pesado como um tempo atrás, ainda mais com exército chegando e todos eles deixando claro que querem servir. Mas como fã da rap line porradeira eu sinto um pouco de falta de uma title comendo c* de hater com farofa

    Curtido por 1 pessoa

  6. Eu venho notando que o fandom deles está ficando mais jovem com o passar dos anos e principalmente depois do estouro nos EUA.
    Concordo demais com suas palavras e é algo que já venho notando e veja só_ até algumas army mais velhas também notaram_ até concordo com o Oh My Girl, fiquei passada esses dias as integrantes estão na mesma faixa etária que o Twice!
    O fandom agora deles vão ter que forçar demais essa daí viu. Se bem que notei que estão bem divididas.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Achei bem curioso estarem divididas também… Chegou num nível de reciclagem que não tá descendo muito bem nem com o fandom direito… x.x’ mas uma coisa bem legal é que tá surgindo um senso crítico na fanbase né (sem ser tão escorraçado como já vi no twitter)? Pelo menos isso kk

      Curtir

  7. eu estou tão fora do que acontece no mundinho dos meus grupos utts devido a minha rotina de estudos trabalho e projetos extras, que eu mal sei o meu nome.

    acho que só estou com energia para escutar brave girls. aliás, feliz demais por toda a repercussão que elas estão tendo. espero que continuem crescendo e tendo lançamentos bons 😭💕

    enfim, sobre essa música do bts: não gostei. não é o que me agrada e ponto, achei o clipe bonito e, se eu tiver com alguma energia, vai ser mais um que irei caçar a ficha técnica para saber quem são os profissionais por trás (eu trabalho com audiovisual, então adoro fazer isso MV’s que eu acho legais)

    é bem o que você comentou no post: pop genérico soft funky americano. é uma pena que foram para esse lado.

    a proposta do clipe foi legal, the wait is over. covid está sendo combatida e logo mais estaremos sem máscaras e tals mas assim kkkj talvez seja eu sendo amargurada por viver na América Latina onde somos podados de crescer a cada onda economica boa pra gente + estarmos sendo governados por um bando de imbeceis retrógrados? talvez. mas por mais bonito que seja os outros países da Europa/os manda chuvas da América tendo toda sua população vacinada e retornando a vida normal, não consigo deixar de pensar o quão neocolonialismo é isso e ver algo amaciando ego de gringo não me deixa lá muito feliz.

    É isso, uma pena que eu não tenha gostado. Trataria esse single com uma bside e olhe lá :/

    Curtido por 1 pessoa

    1. Nossa SIIIM

      Concordo total com a vibe de neocolonialismo (até porque as coisas nem estão tão boas assim, o Reino Unido já tirou a obrigação das mascaras mas só 53% da população foi vacina), nem tinha pensado por esse lado, só achei que tava meio amargo com o assunto também por causa do desgoverno atual x.x

      Muito legal isto que você faz com os clipes!!! Depois me passa onde você verifica?? :3 Agora que tô na facul de artes visuais saber um pouco da parte de vídeo é bem interessante (e construtivo também, porque vai juntar k-pop e tals 💖)

      Boa sorte com sua rotina e seus projetos extras!! Espero que dê tudo certo 🙏🙏 Que a positividade das Brave Girls atualmente se espalhe pra quando ficar muito corrido \o/ ✨

      Curtir

      1. Vou ser muito sincera: eu vou na sorte kkk

        eu costumo olhar mais o do bts pq como o army é GIGANTE, eventualmente essas informações saem e nos clipes eles costumam colocar a ficha técnica básica, ai é correr pro stalk

        Curtido por 1 pessoa

  8. Concordei com tudo. Não sei porque mas vejo a disney lançando essas musicas em filmes de aborrecentes.
    Nem as armys estão gostando.

    Curtido por 1 pessoa

  9. quando o bts lançava músicas só com partes em inglês, enchiam o saco deles perguntando quando ia ter música toda em inglês. agora, os fãs ficam chorando reclamando que eles “perderam a identidade”… ah, me poupe. vão lavar uma louça, carpinar um lote, varrer um chão. os últimos lançamentos deles são maravilhosos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s