Fundo do Mar (27/08): Jessica Jung, Stray Kids, Everglow, CL, Kwon Eunbi e mais…

E agosto tá quase acabando agora que finalmente tô me arrumando pro novo semestre que acabou de começar (sim, meu 2º semestre começou só no MEIO DE AGOSTO). Uma dessas arrumações é o post do Fundo do Mar ser de sexta e, agora que não teve um acúmulo gigantesco de lançamentos pra comentar, bora conferir tudo que lançou nesta semana e não foi Brave Girls?

Thunderous, Stray Kids

Pode parecer que não, mas eu gosto do Stray Kids. Eles começaram com essas barulheiras antes de virar moda e sempre conseguem deixar a coisa com um lado bem mais natural e descompromissado que todos os outros. E eles tem o lindo do Hyunjin no line-up.

Agora, finalmente saindo do flop médio (sim, pra Coreia, eles estavam bem longe do primeiro escalão até o Kingdom), eles prometeram trazer algo como um filme dos Vingadores como clipe pra entregar algo TOTALMENTE diferente no single. É meio decepcionante apesar do clipe ser bem bonito e produzido. A música segue o batidão nosso de cada dia, mas com um instrumental melhor trabalhado que o que ficamos acostumados e com mais carisma por parte dos integrantes (o que já torna Thunderous melhor que todas as outras faixas do gênero neste ano).

Mas a grande estrela deste lançamento É O ÁLBUM. Numa surpreendente variabilidade sonora, temos um R&B de corno bem harmonizado (Sorry, I Like You), um dark eletropop (Silent Cry), um EDM levemente datado que lembra as b-sides produzidas pelo Sweetune (Star Lost), um aegyo tropical de verão (Surfin’) e um sexy MARAVILHOSO em opera pop chupado de Paradise Lost (Red Lights):

Eles podiam só ir pro automático que iam vender tranquilamente depois do Kingdom, mas quiseram ir além e entregaram muitas faixas que saíram da zona de conforto que o grupo se encontrava no ano passado. E isto é algo que acho bem legal de se ver.

FLEX, T1419

A boyband da Momolândia continua com sua discografia fraca e derivativa cheia de barulhos. A estrutura da faixa aqui até faz sentido (não é uma daquelas faixas pesadonas que depende de um péssimo drop no refrão pra acontecer), mas eles escolheram colocar um sintetizador que incomoda MUITO meu ouvido no refrão. O negócio ficou memorável até, só que no mal sentido :v

TRIGGER, VERIVERY

Os carinhas do VERIVERY continuam seu amadurecimento cinematográfico invadindo o palco da Kim Lip (aparentemente dá pra andar nos vários andares desta estrutura e não só divar no meio). Apesar de assumirem os visuais padrão de boyband (quantos lançamentos com roupas de corrida de carro já não tivemos nos últimos anos??), eles passam longe do eletrônico industrial bate lata e tentam entregar um dance-pop eletrônico meio dramático e meio sexy. Funciona? Até que sim, mas não posso dizer que vou ouvir mais de uma vez. Se fosse do Astro aclamaria e ouviria quinhentas vezes? Sim.

Door, Kwon Eunbi (ex-IZ*ONE)

A primeira gatinha do IZ*ONE a debutar depois do fim do grupo foi a Eunbi e eu não poderia estar menos empolgado. Não acompanhei o Produce48 como estou acompanhando o Girls Planet, o que me faz desconhecer todas as integrantes além da Sakura. Ou seja, nenhum apelo pelo nome dela por aqui…

Dito isto, consigo elogiar a música apenas pelo que ela é e pelo que Eunbi entrega. Nem tanto no quesito vocal (porque, de cantoria, só o pós-refrão depois dos saxofones é memorável), mas pela performance que ela entrega. Por mais que o clipe seja bonito e tenha investimento, as melhores cenas são as de coreografia (quando os caras erguem ela e fazem os passos é muito BOM!).

Ouvi elogios quanto a umas faixas do EP então dei uma ouvida. Em muitos sentidos, ele lembra o EP de debut da Chung Ha (tanto que Amigo parece uma fusão da fase house e da fase latina dela) e, justamente por conta disto, funciona mais se o carisma da gata de pegou ou não. Como não me pegou tanto assim, fico só com Door mesmo…

SPICY, CL

E o full album da CL voltou a ser full e, aparentemente sai daqui a dois meses. Não sei se acredito nisto ou não, mas é fato que tivemos um single dela esta semana. SPICY tem uma mensagem legal, falando um pouco sobre identidade sul-coreana, MAAAAS eu prefiro a CL indie do que a CL not bad meaning bad, but bad meaning good, ya know?, então não funcionou muito comigo não…

ICE T, Youha

Youha deve ter ganhado um dinheiro com a demo do Twice, porque já temos outra música, desta vez longe das brasilidades. Infelizmente, ela decidiu ir para a onda de drops questionáveis no refrão. Sério, quando chegou ele eu fiquei QUEÊ?! TUDO É BLACKPINK NESSA PORRA?!

Não parece tanto com BlackPink assim (lembra mais as coisas hardcore da HyunA), mas soa parecido depois do tanto que querem forçar esta estrutura nos nossos ouvidos.

Splash, MIRAE

MIRAE teve um dos melhores debuts do ano até agora, então o retorno deles veio com muito hype da minha parte. Eles são uma boyband, adivinha o que aconteceu?

EXATO! Mais uma demo do NCT sem o carisma do Stray Kids pra entregar de uma forma minimamente aceitável. Decepcionado.

Shy (eh o), Penomeco

Não porque, mas achei que o PENOMECO ia ser a cota k-hiphop da semana (que passei a ignorar porque nenhuma é boa kkk). Na verdade, ele veio com um latin-pop gostosinho que pode fazer morada na playlist de qualquer um que ainda não se cansou do estilo (como eu). A única coisa que me incomodou mesmo foi ver as mulher rebolando com pouca roupa enquanto ele tá todo vestido (o clipe é bem mal dirigido também)…

B.T.W, JayB (GOT7) (feat. Jay Park)

JayB é mais um carinha do GOT7 que debutou este ano (quantos já foram? Três/quatro de sete?). Indo numa pegada bem parecida com a do BamBam, temos uma mistura de R&B com trap com bem mais R&B do que o esperado para um lead single em 2021. Parece promissor, mas a faixa soa fraca e inofensiva demais. No segundo que ela acaba eu já lembro de outros quinhentos R&B melhores.

Não fiquei com paciência pra escutar o álbum, mas dei uma chance pra album track com a Wheein, porque a gata virou minha favorita do MAMAMOO depois de protestar contra o Hwasa-gate e bater o pé da RBW. E ela passa EXATAMENTE a mesma sensação de genérica e esquecível…

Just Like This, Loco (feat. George)

Depois que o Wendell falou que o Loco tem umas “gay-vibes não consegui NÃO interterpretar este clipe como ele tentando ter a sorte com o boy que tá na fossa. Mesmo sem esta interpretação, Just Like This ainda trás um clipe adorável pra se assistir, apostando no cenário natural e em cenas de camping. A faixa é um rap calminho e alegre sobre dar valor às pequenas coisas da vida, o que combina perfeitamente com o que o clipe transmite.

Adoro quando atos conseguem trazer coisas mais calmas que FUNCIONAM. Just Like This não te dá sono ao ouvir e ainda tem um refrãozinho que fica na cabeça. Talvez seja a hora de eu dar uma cavucada na discografia dele, porque é o segundo feat que ele acerta comigo (tudo bem que o outro foi Don’t com a Hwasa láááááá em 2018, mas não é como se eu tivesse ouvido outra faixa dele além dessas duas kk).

Dive With You, Seori (feat. eaJ (DAY6))

A Seori que participou de um dos singles do TXT fez feat com o integrante do DAY6 boicotado pela JYP e conseguiram a proeza de ter a música tocando no final do Jornal Nacional coreano. E é só isto mesmo, porque a música parece descarte de cantora americana novinha de tão genérica e esquecível.

Promise, EVERGLOW

E quem diria que Everglow entregaria TUDO numa música pra uma campanha da UNICEF? Pois é.

Promise segue com a linha retrô de LA DI DA e Don’t Ask Don’t Tell, misturando synthpop com um vocal aegyo num número que estaria no lado bom da discografia do Apink há uns bons anos atrás. A faixa tem uma progressão bem marcada e é épica em sua construção até o refrão, que explode levemente com uma mensagem positiva em nossos ouvidos.

Não sei se você sabe, mas eu AMO um aegyo cheio de positividade que nem esse, então…

ONLY, Lee Hi

E Lee Hi FINALMENTE começou os preparativos para seu primeiro álbum fora da YG: 4ONLY, que tá com uns quatro singles prometidos já. O primeiro, que funciona como um pre-release, é exatamente o que você esperaria: uma baladinha romântica com um clipe cinematográfico. O clipe até que é legal (mostrando como o casal vai envelhecendo), mas este tipo de faixa só costuma funcionar comigo depois que vejo o álbum como um todo. Por enquanto, é só mais uma baladinha que não lembrarei amanhã (apesar de eu gostar bastante da Lee Hi).

Can’t Sleep, Jessica Jung (ex-SNSD)

Jessica Jung, a lenda, resolveu voltar a cantar pra promover o reality que ela vai estrelar junto da Krystal. Também é uma baladinha meio inofensiva, mas, me conhecendo, depois de ver uns episódios do reality eu já vou estar cantando junto. A Jessica tem um potencial de solista muito forte e, como ela deu uma desistida do meio musical, é legal ver uma música nova dela de vez em quando.

EVERGLOW se unem a UNICEF e divulgam MV "Promise" | Portal K-Pop Brasil

E esta foi nossa semana. No fim, só Stray Kids e Everglow surpreenderam, com o resto entre o competente e a decepção total. Qual foi a maior surpresa da semana pra você: Stray Kids não fazendo batidão no álbum? Everglow nas saias brancas do aegyo? Jessica e CL lançando música? OU O LUCAS DO NCT TENDO UMA POLÊMICA DO TAMANHO DA CHINA POR TER “SUGAR MOMMIES”?!

Loco, New Single 'Just Like This' Is Well-Received By Fans - KPOPIDA

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá se quiser acompanhar meus surtos com estas surpresas aleatórias que só o k-pop consegue oferecer: @AquarioHipster

7 comentários em “Fundo do Mar (27/08): Jessica Jung, Stray Kids, Everglow, CL, Kwon Eunbi e mais…

  1. Finalmente alguém com outros olhos, e ouvidos, pro meu grupo barulhento!! Mas sério, apesar de Thunderous ser montada mais ou menos no estilo de God’s Menu só q com instrumentais coreanos e não surpreender tanto assim, o álbum tá bem diversificado, faixas como Domino e Cheese seriam coisas que eu já esperava deles, mas Sorry I Love you, Star Lost, Silent Cry, Red Lights, Secret, secret são diferentes. No fim das contas eu gostei de tudo!
    E eles estão até promovendo nos music show ao mesmo tempo que o Woojin, queria saber se tem algum babado 🤭

    Falando em babado e esse do Lucas mddds??? Kkkkkk acho ótimo quando aparece essas fofocas no kpop, só tá faltando alguém vazar q uma idol pegou ele tbm pra fofoca ficar melhor.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Gente, olha o babado!!! Essa vai pra lista de coisas que nunca vamos saber no k-pop kk

      Acho que Red Light vai ser a coisa deles que mais vai tocar comigo nesse ano, vamos ver…

      kkkkkk Só quer ver o circo pegar fogo, né? Do jeito que tá saindo coisa, não duvido de ter algo assim daqui a pouco

      Curtir

    2. Dizem que ele fazia bullying com os colegas de grupo e com o Baekhyun do exo,tem até vídeo disso. Teve uma menina que acusou ele de estupro e uma ex dele que acusou ele de tentar extorquir ela. É isto.

      Curtir

  2. Aí,desculpa,mas esse Hyunjin é feio pra caralho,não sei que beleza é essa enxergam nele. O verdadeiro gato do grupo é o Lee Know,um deleite pros olhos. Quanto a música,é a mesma cagada que eles lançam sempre,mas agora parece que o áudio tá muito mais alto que as vozes deles. Não sei. Mas zoaram muito com a cara dos coitados pelo flop nos charts e pela JYP comprando álbuns pra eles,por deus! Mas a parte boa foi ver o Bang Chan servindo tanquinho na minha cara!
    Sobre a CL,ela não se decidiu ainda pra que rumo vai levar a quase extinta carreira dela. Já adiou o álbum de novo,que ela promete desde 2014/2015,um baita descaso com os fãs. Mas Chae serviu presença e atitude como sempre!

    Curtir

    1. Mlr novamente, da onde que veio essas informações?? Sério, tô curiosa mesmo, já é o segundo blog que tu comenta isso e eu procuro e não acho…

      Sobre o Hyujin, é muita questão de gosto mesmo, eu acho ele muito bonito, mas por exemplo, acho o Jin do BTS horrível, e ele é o visual do grupo…

      Curtido por 1 pessoa

  3. To tirando o meu atraso do blog kkkj ainda não li tudo, mas noss sobre a CL (pq foi o único que vi) o retorno dela me faz gostar muito mais dela indie e cantora do que como rapper

    mas assim seguindo a lógica (e agora que to comentando ja saiu até a capa do segundo single) ela sempre lança primeiro uma badass bitch e outra mais introspectiva/indie – tanto que os dois primeiros singles foram assim e 5stars 2748348 melhor que HWA pra mim que prefiro ela mais cantando do que rapper

    achei legal spicy, mas não ta no repeat

    Curtido por 1 pessoa

    1. Aiii bem-vinde de volta 💖

      “achei legal spicy, mas não ta no repeat” – EXATO!!

      Não tinha pensado nessa dualidade com algo indie logo depois, mas você já me deixou no hype pro próximo single com esse raciciocínio

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s