The Feels, Twice: Só elas mesmo pra fazer bonito nos EUA

Eu NUNCA imaginaria que o Twice iria tentar algo pro mercado norte-americano. Elas não precisam. Já conseguiram uma hegemonia tanto na Coreia como no Japão, sendo o grande Girlgroup da terceira geração (e talvez o único a replicar o sucesso tanto na Coreia quanto no Japão que vimos com o SNSD e o Kara – na 2º geração – e a BoA – na 1º geração). Mas não foi brincando no ponto que a JYP levou estas nove ao topo, então claro que se tem um monte de ato apostando nos EUA, o Twice não poderia ficar de fora.

Eu não estava nem ligando pro lançamento, pra ser sincero. A maioria dos lançamentos em inglês não funcionam comigo (acho que a única coisa que realmente funcionou comigo nessa pegada foi The Boys, laaaa em 2011, e Butter… Um pouquinho) e os singles japoneses do grupo (que precederam este lançamento) não me empolgaram muito.

Então foi ÓTIMO ser DELICIADO por esta música sem ter expectativa nenhuma. A melhor característica do Twice é conseguirem atirar para todo lado em sonoridade sem perder sua identidade sonora e visual. NÃO IMPORTA O QUE SEJA, um lançamento do Twice ainda vai ter aquele feel (badum tss kk) de teen crush com um público alvo feminino adolescente. E, mesmo ao entrar na onda disco super soft dos Estados Unidos, elas conseguiram manter esta característica (algo que o BTS, por exemplo, não conseguiu).

The Feels é bem derivativa, seja no k-pop ou nos EUA, em um número funky com infusões de nudisco que aparece todo mês graças da Doja Cat e Say So. MAS, diferente do que estamos acostumados em coisas para este cenário, a música tem energia, tem pulso, tem gritos, tem mudança de timbres. É um instrumental básico pra as características vocais que já marcam o Twice (os gritos da Nayeon, adlips da Jihyo, o vocal doce da Mina, a voz de pato da Momo, os pseudo-raps da Chaeyoung) brilharem. O refrão é super grudento (bem k-pop mesmo) e traz aquele fator sing-along até o pós-refrão que só os atos capopeiros conseguem entregar.

Vai ser uma ÓTIMA música pra elas performarem ao vivo!

O clipe é a perfeição visual que já estamos acostumados com o Twice. Ele brinca um pouco com metalinguagem ao misturar a estorinha do baile de formatura com a troca da posição de center enquanto cada uma canta sua parte (a Chaeyoung não estar num cenário porque estava do outro lado cantando sua parte foi ÓTIMA) e manter pequenas referências e brincadeiras pros ONCEs (os números nas roupas delas, por exemplo, são referência aos números que elas usaram em Cheer Up!).

E MANO, que GENIAL usarem o clipe pra anunciar a data do próximo álbum coreano e anunciar a próxima tour. Sério, a JYP tá gerenciando MUITO BEM elas (o defeito mesmo é o trabalho excessivo :/).

The Feels

The Feels É um Twice 101 que SABE que é um Twice 101 e brinca com isto pra entregar uma introdução para os fãs novos e algo mais profundo para os fãs de longa data. É uma música que estaria na discografia de qualquer solista wannabe dos EUA, mas a entrega do grupo ficou tão característica que não tem como imaginar esta faixa cantada por outro ato.

Não tenho reclamações, sinceramente. Elas já se arriscaram este ano com Alcohol-Free e Perfect World, não tem problema nenhum colocar algo mais básico no meio, ainda mais algo tão gostosinho de escutar como The Feels.

O Aquário Hipster também tem twitter!! Segue lá se quiser me ver lembrando ocasionalmente que sou ONCE: @AquarioHipster

TWICE lança seu primeiro single em inglês, 'The Feels' - E! Online Brasil

2 comentários em “The Feels, Twice: Só elas mesmo pra fazer bonito nos EUA

  1. Eu também não tava com expectativas altas e sim pensando que a jyp iria dar um daqueles bate estacas pra elas ou tentar mudar a imagem por conta da música ser em inglês. E nossa, ainda bem! Saiu melhor do que imaginei, gostei tanto da musiquinha, do mv que tinha essas referências dos trabalhos anteriores, e mais_ ainda ter o fator kpop nele, vi alguns reclamando porque estava “kpop demais, os americanos não gostam disso” pra mim, é pra ser isso mesmo. E ainda mais, em alguns momentos da música, me lembrou demais alguns atos da geração passada reforçando o meu agrado com a música. Mudou vidas? Não, mas que pra mim é mais uma música boa delas pra minha playlist, é.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Eu não podia concordar mais! Eu tava cagando e andando pra esse single pq também os últimos japoneses não me prenderam muito mas, nossa, fui surpreendido. Ao contrário do BTS, elas não perderam sua essência e não tiveram que perder sua imagem pra se lançar no mercado americano. a musica é MUITO Twice, e não no sentido saturado e enjoativo, é o melhor do Twice em resumo, perfeito pra introduzir em outro mercado, gostei muito da música e do MV.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s