Peaches, Kai: Entre a gay passiva e o pop derivativo norte-americano

O Kai passa pelo mesmo que a Joy passa: ele é um grande gostosão que, apesar de ter conseguido um debut solo, ainda não se entregou realmente a persona que os fãs projetaram pra ele. Diferente da Joy, porém, que cortou totalmente a ideia de uma persona sexy com Hello, Kai flertou um pouco com isto com um debut cuja música era um fucking GEMIDO. Com o primeiro comeback tendo o nome do emoji utilizado internet a fora por gays passivas, o hype foi as alturas (mesmo com tudo nos teasers indicando que ele não ia se render ao lado gostosão de novo):

Eu não sei é um efeito de Alcohol-Free que me deixou com essa palavra na cabeça, mas Peaches consegue ser bem sinestésica.

A faixa é um pop mínimo, aéreo, com inspirações de trap e synthwave, muito parecido com o que qualquer nugu americano tá tentando fazer pra hitar (o exemplo mais recente que deu certo assim foi o Conan Gray). Isto não ocorre apenas na melodia, mas também no clipe, que possui uma apresentação bem mais épica do que a própria música pede (já viram os clipes super produzidos do Lil Nas X em comparação com as músicas meio meh?).

PORÉM, Kai tem um appeal muito forte entre EXO-Ls e não EXO-Ls, então ele usa isso ao seu favor para olhar diretamente nos seus olhos e dizer que você é “doce como o pêssego”. O carisma dele transborda pela tela, conseguindo convencer, minimamente, que ele tá sendo fofinho nessa onda mais soft e não seguindo uma onda.

E é basicamente isto que faz a música funcionar um pouquinho. É melhor que o gemido do ano passado porque ele parece bem mais solto e a vontade com o conceito, assim como é melhor que as mesmas tentativas norte-americanas pela própria persona do Kai convencer mais enquanto artista.

Ainda assim é a presença do Kai fala mais do que a música em si. Torço para que o álbum tenha album tracks mais impactantes para eu fingir que Peaches não é o single.

Mas Contudo Todavia Porém, não é como se fosse entrar no TOP100 de final de ano :v

Download [EP] KAI – Peaches – The 2nd Mini Album (MP3)

Peaches é o Kai sendo um pouco menos forçado em sua carreira solo, apesar de não soar tão bom quanto poderia ser pra ele. Mas, né, o carinha é fã do Justin Bieber, então não é como se ele quisesse mirar muito longe do que o pop americano tá entregando atualmente…

O Aquário Hipster também tem twitter! Segue lá: @AquarioTutu

2 comentários em “Peaches, Kai: Entre a gay passiva e o pop derivativo norte-americano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s