Love In Space, Cherry Bullet: É possível seguir a modinha E procurar uma identidade sonora!

O Girls Planet teve muitos impactos negativos pra mim, mas, sem sombra de dúvidas, valeu a pena só por conhecer um pouco mais do Cherry Bullet. Bora conquistou meu coração, May arrancou altas risadas do quão cara de pau foi em sua estratégia (que deu certo até o programa favorecer as coreanas) e Jiwon tava linda cantando como se vingar de macho. O comeback delas era algo que eu aguardava MUITO e nada mais justo serem elas o ato que me fazem voltar a escrever um post solo pra um lançamento neste período de semi-hiatus do blog:

Eu não entendi muito bem qual foi a estratégia da FNC em demorar TANTO pra lançar música nova pra elas (tudo bem que a Bora pegou COVID depois do programa, mas ainda assim, não precisava ser quase UM ANO depois de Love So Sweet), mas torço que o hype do Girls Planet funcione pras gatas, porque isto aqui TÁ MUITO BOM!

É curioso pensar como o grupo se transformou com o passar do tempo, com a própria “protagonista” do line-up deixando de ser a menina do Produce48 e virando a Bora com um leve feat visual da May. A FNC vem tentando fazer esta transição de uma forma sutil, seguindo a estrutura que deu certo em Love So Sweet (pelo menos pro meu gosto), com a Bora engolindo os vocais do refrão até mais uma das meninas conseguir entregar uma textura vocal diferente das outras (que nem aconteceu com o AOA, como o Wendell bem lembrou esta semana).

E isto é o que me deixou muito animado com o que aconteceu em Love In Space. Lançar retrô por lançar retrô ia ser legal, mas ainda soaria genérico. Mesmo com a Bora gritando horrores ainda soaria meio “estamos seguindo a onda e o grupo não vai ter identidade mesmo”. MAS, quando me utilizam de parte da ESTRUTURA de Love So Sweet pra fazer o single seguinte, com o nome do mesmo tendo a MESMA ESTRUTURA GRAMATICAL que o single anterior (Love + preposição + adjunto adnominal), eu fico de JOELHOS!

Tem pouquíssimas empresas que estão se importando em manter uma sonoridade para seus atos mais novos, e esta atitude da FNC é louvável, entrando, inclusive, pra uma vanguarda nesta quarta geração do k-pop.

Esta perpepção (junto pelo meu amor pela estética retrofuturista espacial que acompanha a ideia de “amor no espaço” com batidão oitentista) me fez me apaixonar de cara pela música. Mesmo as partes que podem incomodar um pouco (como os versos super rápidos) se transformaram em qualidade pra mim (não parece que elas estão numa corrida de nave espaciais com a velocidade que elas pronunciam os versos?).

Eu dei uma ouvida no álbum e, da mesma forma, a FNC entregou um trabalho redondinho, mirando em diferentes sonoridades empolgantes, que combinam com o alto tempo do single (minha preferida logo de cara foi a Hiccups, com referências a 💖do-wop💖). Seria um ótimo EP de verão se lançado no meio do ano, e ter isto em MARÇO é ótimo. Não garanto que vai virar um vício meu neste ano, mas é bem provável (ainda mais considerando o quão fracos os álbuns estão sendo até agora em 2022).

Minha única crítica mesmo vai para o clipe. Apesar de tentar tacar um CG bonitinho, criar uma narrativa mística e deixar todas LINDAS, eu achei que eles perderam o conceito de “espaço”. Elas seguirem um gato preto pra um mundo fantástico parece algo muito mais de fantasia do que de sci-fi. Poderiam ter uma abordagem com naves, máquinas ou coisa do tipo, que conseguisse se ligar melhor com o que o instrumental e a interpretação vocal das integrantes já trazem…

E que capa feia é essa FNC?! Cadê os looks espaciais retrô como os brincos de estrela da Bora? Pela mor… A Jiwon tá parecendo a YooA do OMG!! x.x

Diferente de muitos que panfletaram a Bora durante o Girls Planet só pra não votarem nela no final, Cherry Bullet só precisava de um comeback bem feito para entrar na minha lista de preferidas. E elas fizeram! Retrôzinho gostoso, vocais matadores da Bora e um álbum divertido, com o bônus de tentaram manter uma consistência sonora em relação a Love So Sweet. Se continuarem assim, elas ainda vão ser grandes nessa geração, disto eu tenho certeza.

PS: Eu estou focando 110% na carreira artística, por isto a quantidade de posts tá bem escassa… Eu vou fazer um Fundo do Mar pros lançamentos de fevereiro e lá explicarei mais também sobre como vou tentar manter o blog atualizado ^^

O Aquário Hipster também tem Twitter!! Segue lá: @AquarioTutu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s