Dingga, Mamamoo: Rainhas do retrô estão leves e protegidas da COVID-19

Eu amo o Mamamoo. Se elas tivessem uns álbuns melhorzinhos, eu com certeza mencionaria elas muito mais aqui no blog (não tem jeito, o que me faz apegar aos grupos MESMO são álbuns bons - não é a toa que, depois de ontem, eu estou escudando o MARAVILHOSO Max & Match, do LOONA Odd Eye … Continue lendo Dingga, Mamamoo: Rainhas do retrô estão leves e protegidas da COVID-19

Fundo do Mar (Setembro’20): Nugus, Mamamoo, Jamie, BOYHOOD, Super Junior e mais…

Chegamos a mais um final de mês, onde junto vários lançamentos que ignorei/não prestei atenção durante o mês e comento quais sereias conseguiram chegar a superfície terrestre e virar pop stars e quais assinaram contrato com a Úrsula e ficaram como plantinhas na caverna dela no fundo do mar do esquecimento... Oh Ya Ya Ya, … Continue lendo Fundo do Mar (Setembro’20): Nugus, Mamamoo, Jamie, BOYHOOD, Super Junior e mais…

To Be or Not To Be, ONEUS: Como um pós-refrão pode DESTRUIR ou SALVAR uma música

E mais um comeback pós-Road to Kingdom está entre nós! Entre todos, o segundo mais hypado (pelo menos para mim) era o ONEUS, então as expectativas estavam até que um pouco altas para este comeback, mesmo eu não curtindo muito a música deles do Comeback War. Será que a seriedade trazida por um Shakeaspeare concept … Continue lendo To Be or Not To Be, ONEUS: Como um pós-refrão pode DESTRUIR ou SALVAR uma música

[Flash Review] Mamamoo ends its one year project with maestry

(Or Mamamoo surprises everyone maintaining an unusual sound) With its 4 Color 4 Season project, Mamamoo promised four EPs bringing unusual sounds to the retro  R&B and doo-wop concept that became a characteristic of their releases, and a solo debut for each one of its members.On Yellow we saw some EDM with latin-pop influences. On … Continue lendo [Flash Review] Mamamoo ends its one year project with maestry

[Album Review] Mamamoo – Blue; S (ou Mamamoo inaugura a época de Sagitário representando o signo da forma mais melancólica possível!!)

Finalizando seus lançamentos pseudo-conceituais de 2018, Mamamoo está de volta para a melancolia do outono coreano, continuando a paleta das cores primárias iniciado pelos seus outros EPs no projeto 4 Seasons 4 Colors em azul ("blue", que pode significar saudades/tristeza em inglês ou o ritmo blues, que é uma das marcas registradas do grupo desde … Continue lendo [Album Review] Mamamoo – Blue; S (ou Mamamoo inaugura a época de Sagitário representando o signo da forma mais melancólica possível!!)

[Album Review] Mamamoo – Red Moon (ou Mamamoo nos trouxe The Cheetah Girls realness!! O que será que isto pode significar em termos de b-sides??)

Depois de curtirem a natureza na praia, Mamamoo está de volta com seu segundo mini-álbum no ano, Red Moon, indo fundo em The Cheetah Girls 2 ao tentar trazer pra Coreia do Sul para a moda reggaeton que explodiu o mundo desde o sucesso de Despacito. Será que os power vocals do grupo combinou com … Continue lendo [Album Review] Mamamoo – Red Moon (ou Mamamoo nos trouxe The Cheetah Girls realness!! O que será que isto pode significar em termos de b-sides??)